Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tribunal seguro

Agentes do TRF-4 fazem curso de segurança e defesa pessoal

Durante uma semana, 18 agentes de segurança do Tribunal Regional Federal da 4ª Região participaram do curso de segurança e defesa pessoal administrado para aprimorar a atuação de pessoal. O curso foi encerrado na última sexta-feira (20/8).

Segundo o presidente do TRF-4, desembargador federal Vladimir Passos de Freitas, trata-se de um curso pioneiro. “Sei que foi um sucesso, vamos ampliá-lo, levá-lo também para as seções judiciárias”, afirmou ele, referindo-se à Justiça Federal de primeira instância nos três estados do Sul.

"O agente de segurança tem uma função importantíssima e tem de ser prestigiado", ressaltou Freitas. O desembargador também entregou os certificados de conclusão aos servidores que participaram das aulas, que foram ministradas pelo capitão da Brigada Militar Jorge Alberto Alvorcem Pinto e pelo policial civil Rafael Bernardo de Oliveira.

Falando em nome dos agentes, Júlio César Pinheiro Berlese considerou a iniciativa positiva. "Foi ótimo, pedimos que se dê continuidade", declarou Berlese, que também participou da demonstração de uma técnica de desarmamento treinada no curso.

O capitão Alvorcem Pinto elencou os conteúdos ministrados, como a parte técnica e operacional do serviço de segurança, alarmes, instalações físicas, sistemas de telecomunicações, primeiros socorros, prevenção e combate a incêndios e, principalmente, desarmamento e defesa pessoal.

Ele citou que aspectos como conduta, inteligência e segurança estão relacionados e comparou as aulas desta semana a uma "degustação" de assuntos que podem ser aprofundados em cursos futuros. O policial Oliveira apontou que o enfoque dado aos alunos tem base no conceito de inteligência emocional, em que se utiliza "o pensamento como prevenção".

Revista Consultor Jurídico, 22 de agosto de 2004, 16h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/08/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.