Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Quase adolescente

Estatuto da Advocacia completou 10 anos este mês

O Conselho Federal da OAB, que continua reunido em Brasília, comemorou os 10 anos do Estatuto da Advocacia (a Lei 8.906/94), este mês. Quando a Lei foi criada, o país era presido por Itamar Franco. Havia grande resistência ao projeto que, segundo seus críticos, favorecia demais a Advocacia. O então dirigente da OAB, o advogado José Roberto Batochio, foi quem costurou o grande acordo que resultou na lei.

No domingo (14/8), ele foi homenageado com uma placa de prata do Conselho Federal com os dizeres "O Conselho Federal da OAB, por ocasião das comemorações do 10º aniversário da sanção do Estatuto da Advocacia e da OAB, confere esta placa em homenagem ao advogado e ex-presidente da entidade, José Roberto Batochio, em nome de todos os advogados brasileiros."

Revista Consultor Jurídico, 16 de agosto de 2004, 19h54

Comentários de leitores

2 comentários

Como se não bastassem tantos abusos e ilegalida...

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Como se não bastassem tantos abusos e ilegalidades como a tirania exercida contra os inadimplentes, a troca compulsória e onerosa da carteira de advogado, agora a OAB conferiu aos advogados o pior presente que poderiam receber pelo aniversário de 10 anos do nosso Estatuto: abrem o mercado para os estrangeiros do Mercosul, dando causa ao perigoso precedente para que a mercê seja estendida a todos os advogados do mundo. Conclamo os nobres colegas a lerem a notícia veiculada nesta segunda-feira, dia 16/08/2004, aqui mesmo na revista eletrônica Consultor Jurídico, mas que não está mais na primeira página depois do comentário que teci. De qualquer modo, basta acessar: http://conjur.uol.com.br/textos/248662 para ter acesso à notícia. Não deixem de ler, pois além de importantíssima, diz respeito a todos nós, advogados, ao nosso futuro. (a) Sérgio Niemeyer

Como se não bastassem tantos abusos e ilegalida...

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Como se não bastassem tantos abusos e ilegalidades como a tirania exercida contra os inadimplentes, a troca compulsória e onerosa da carteira de advogado, agora a OAB conferiu aos advogados o pior presente que poderiam receber pelo aniversário de 10 anos do nosso Estatuto: abrem o mercado para os estrangeiros do Mercosul, dando causa ao perigoso precedente para que a mercê seja estendida a todos os advogados do mundo. Conclamo os nobres colegas a lerem a notícia veiculada nesta segunda-feira, dia 16/08/2004, aqui mesmo na revista eletrônica Consultor Jurídico, mas que não está mais na primeira página depois do comentário que teci. De qualquer modo, basta acessar: http://conjur.uol.com.br/textos/248662 para ter acesso à notícia. Não deixem de ler, pois além de importantíssima, diz respeito a todos nós, advogados, ao nosso futuro. (a) Sérgio Niemeyer

Comentários encerrados em 24/08/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.