Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novo cliente

Carlos Eluf é contratado para defender Salvatore Cacciola

O advogado Carlos Ely Eluf, de São Paulo, foi nomeado pelo ex-banqueiro Salvatore Alberto Cacciola para atuar em sua defesa. O ex-dono do Banco Marka é acusado de corrupção passiva e gestão fraudulenta por causar um rombo de R$ 1,5 bilhão.

Eluf acaba de voltar dos Estados Unidos, onde oficializou uma parceria com o escritório de advocacia Hilary Langer de Miami. Ele já tem uma parceria com o escritório Castro Bergido, do Panamá.

Entre seus clientes conhecidos estão Wagner Canhedo, Anselmo Duarte, Juca Chaves, Fernando Collor.

Revista Consultor Jurídico, 3 de agosto de 2004, 17h24

Comentários de leitores

4 comentários

Em que pese a consideração do nobre colega Viní...

Rogério Tadeu de Carvalho ()

Em que pese a consideração do nobre colega Vinícius, entendo que noticias como estas sao bem vindas no mundo juridico. Nao esquecamos que os leitores deste espaco sao profissionais ligados à area do direito. Não há destinacao deste meio em cultuar a competencia deste ou daquele profissional, para fins de captação de clientela, muito embora a contratacao de profissionais por pessoas que se destacaram na mídia, quais sejam seus atos, causem a impressao de competencia e notoriedade do profissional. Assim, entendo que noticias como estas tem o condao de nos incentivar a procurar destaque junto à sociedade, nao em razao da pessoa a quem defendemos, tampouco dos honorarios avençados, mas em razao da nossa competencia e amor ao trabalho que fazemos.

Eu tenho a impressão de que não houve qualquer ...

André Pessoa ()

Eu tenho a impressão de que não houve qualquer intenção de crítica na matéria do Consultor Jurídico, ao citar outros clientes que tenham sido defendidos pelo sr. Carlos Eluf. Ao contrário, penso que a lista mostra a competência do advogado, que tem conseguido ampliar sua carteira de clientes exatamente naqueles casos onde, em razão do valor dos honorários, a concorrência pelo serviço é maior. Quanto às insinuações cometidas neste espaço do leitor contra o sr. Eluf, só posso creditar ao desconhecimento do papel do advogado numa sociedade republicana e democrática. O advogado não se confunde com os crimes dos quais o seu cliente é acusado. E toda pessoa, seja lá quem for, tem o direito de manter o melhor advogado que puder pagar. Embora muitos acusados tenham acesso somente à defensoria gratuita proporcionada pelo Estado, nem sempre de boa qualidade, não tem cabimento contestar ou querer cassar os direitos daqueles que têm outras opções, e muito menos fazer insinuações sobre a honra do advogado privado que conquista esses casos.

Parabens ao colega por mais este nome de peso e...

Francisco Angeli Serra (Advogado Autônomo - Consumidor)

Parabens ao colega por mais este nome de peso em sua carteira de clientes... Mas????? A não ser para comentários jocosos.... Para que serve essa informaçâo???????? O direito a uma defesa técnica é uma garantia tanto ao ladrão de uma galinha quanto ao ladrão de 1 bilhão...a única diferença é o valor dos honorários...só isso???????

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 11/08/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.