Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fim de jogo

Documentos e máquinas de bingo são apreendidos no RS

A Justiça Federal expediu mandados de busca e apreensão, na quarta-feira (28/4), em oito endereços diferentes na cidade de Porto Alegre. Resultado: apreensão de bingueiras (máquinas utilizadas nos sorteios do Toto Bola), veículos, material de informática e diversos documentos relacionados à exploração do jogo. O pedido foi feito pela Procuradoria da República no Rio Grande do Sul.

Todo o material apreendido será remetido à perícia para apuração de prováveis crimes de sonegação fiscal e estelionato contra consumidores, entre outros.

O Ministério Público Federal tem se posicionado sistematicamente contra modalidades de jogos da espécie do Toto Bola, tanto que, no ano de 2002, propôs ação civil pública questionando a legislação estadual que autoriza o funcionamento desse tipo de sorteio.

Na referida ação foi obtida medida liminar que proibiu o funcionamento dos bingos. O Toto Bola foi o único que continuou funcionando por causa de recurso obtido no Tribunal Regional Federal da 4ª Região. (MPF-RS)

Revista Consultor Jurídico, 29 de abril de 2004, 15h22

Comentários de leitores

1 comentário

É um absurdo o que fazem com o povo, este propa...

Paulo Renato da Silva ()

É um absurdo o que fazem com o povo, este propaga- dores da sorte e da esperança. Milhões de pessoas re- novam sua FÉ na solução de seus problemas de ordem financeira, através de suas apostinhas. É dificil, porém quem não tenta não ganha. E, se já é dificil, ver seu minguado dinheiro ser desonestamente sendo manipula do, é crime incomensurável. Como ficará isto? Quem tem a coragem de pactuar com isto? E as "seríssimas" Empresas de Auditoria, para que ser- vem?

Comentários encerrados em 07/05/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.