Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Calendário trabalhista

Corregedor da Justiça do Trabalho define calendário de correições

O corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Rider de Brito, definiu o calendário das correições que fará até o final desse semestre. O primeiro Tribunal Regional do Trabalho a ser submetido à correição será o da 24ª Região, em Mato Grosso do Sul, entre os dias 3 e 7 de maio. O tribunal tem oito juízes e há 16 Varas do Trabalho no Estado, cinco na capital Campo Grande e 11 no interior.

O TRT do Espírito Santo (17ª Região), composto também por oito juízes, passará por correição entre os dias 24 e 28 de maio. Na capital, Vitória, há oito Varas do Trabalho e dez no interior do Estado.

De 14 a 18 de junho, o corregedor e sua equipe estarão no TRT de Goiás (18ª Região) para a última correição do semestre. Em Goiânia, há 12 Varas e no interior do Estado outras 19. (TST)

Revista Consultor Jurídico, 22 de abril de 2004, 14h58

Comentários de leitores

1 comentário

Gostaria de saber qual a origem e a finalidade ...

Sergio Rodrigo Martinez ()

Gostaria de saber qual a origem e a finalidade das correições. Caso sejam para apurar eventuais irregularidades nas atividades jurisdicionais de primeiro grau, melhor seria não haver um cronograma das correições. Creio ser mais interessante um cronograma permanente de correições, ou seja, que toda a circunscrição estivesse a todo momento sujeita a fiscalização, independente de aviso prévio. Desse modo, o controle seria maior e, consequentemente, aumentar-se-ia o nível de acuidade e zelo dos operadores jurisdicionais.

Comentários encerrados em 30/04/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.