Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Valor reduzido

Discussão em condomínio por causa de elevador gera indenização

José Lourdes Odebrecht deve pagar indenização por danos morais no valor de R$ 3.600 para Arnaldo Miguel Montuori. A decisão unânime é da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná, que atendeu parcialmente a apelação de Odebrecht.

No ano passado, após ser obrigado a descer as escadas do edifício onde reside, em função de problemas com o elevador, Odebrecht encontrou o síndico Montuori e "cobrou" providências para agilizar o conserto. Ele disse: "Você deveria ter vergonha na cara e fazer as coisas direito".

Montuori alegou que se sentiu ofendido e pediu, na Justiça, indenização de R$ 197 mil. O juiz reconheceu a existência da ofensa e fixou o valor em R$ 18 mil. Inconformado, Odebrecht apelou ao TJ-PR, que reduziu a indenização com base no voto do relator, juiz convocado Rosene Arão de Cristo Pereira. (TJ-PR)

Revista Consultor Jurídico, 22 de outubro de 2003, 18h31

Comentários de leitores

1 comentário

Venho por meio desta manifestar o meu protesto ...

José Aleixo ()

Venho por meio desta manifestar o meu protesto pelo fato de que a notícia sobre as eleições da OAB-SP não dispõe do recurso de comentários, justamente para favorecer uma situação que já se consolida. Imagino que Urso seja grande cliente da Conjur…

Comentários encerrados em 30/10/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.