Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Peruada

Perus que seriam usados na festa da "Peruada" são roubados

O peru não figurou este ano como símbolo de irreverência da "peruada", tradicional festa dos alunos da Faculdade de Direito da USP, no largo São Francisco. A imprensa divulgou que os estudantes atenderam aos apelos de entidades de defesa dos animais e dispensaram a ave. Mas há quem garanta que dois perus foram roubados e o Centro Acadêmico XI de Agosto desistiu de fazer nova reposição.

Todos os anos, alunos embebedam um peru até ele morrer de tanto vomitar. Este ano, a brincadeira não deu certo na festa que reuniu cerca de 2.500 pessoas. Apesar da distribuição gratuita de bebidas, não houve confusão.

A direção proibiu o início do desfile no interior da faculdade, cujo prédio é tombado.

Revista Consultor Jurídico, 20 de outubro de 2003, 14h43

Comentários de leitores

1 comentário

Mas é claro! Onde já se viu Peruada sem o Vitã...

Maria Lima Maciel ()

Mas é claro! Onde já se viu Peruada sem o Vitão? Os perus nem foram roubados, foram embora sozinhos... O Vitão, a alma da festa, não estava presente! Ora, os perus, vendo que a festa seria "festa de pobre", trataram de sair de mansinho... E pra quê abrir as portas da Gloriosa Faculdade? Não é um evento HISTÓRICO? Nem peru nem menos peru! Sem o Vitão, que é parte da História, pode ter 10 mil pessoas... a peruada não acontece! E viva a Peruada! Viva o Vitão! Viva a Gloriosa Faculdade. Os Diretores passam, a Faculdade fica... Vitão... Olha lá, no ano que vem... Salve a honra dos perus! Beijão da Maria Lima

Comentários encerrados em 28/10/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.