Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Contra o preconceito

Acrimesp estuda criar Comissão da Mulher Advogada Criminal

A Associação dos Advogados Criminalistas do Estado de São Paulo (Acrimesp) estuda a criação da Comissão da Mulher Advogada Criminal na próxima gestão. O objetivo é combater o preconceito que as mulheres ainda sofrem no exercício da profissão. Atualmente, dos cerca de 50 mil criminalistas do Estado de São Paulo, cinco mil são mulheres.

Segundo o advogado Carlos Alberto Manfredini, um dos maiores defensores da idéia, o "ambiente machista" ainda é predominante. Ele afirma que muitas advogadas se queixam que o lado moral das mulheres é comparável ao do réu, porque recebem um tratamento pejorativo não só por parte dos profissionais operadores de direito, mas também por uma parcela da sociedade.

Segundo a advogada Adile Massaia, vice-diretora da escola de advocacia criminal da Acrimesp, "todos, sejam homem ou mulher, têm o mesmo conhecimento técnico. A mulher tem que ser vista dessa forma, como o homem advogado que atua na área de família." (Brasil Notícias)

Revista Consultor Jurídico, 14 de outubro de 2003, 13h39

Comentários de leitores

1 comentário

Acho um tanto que delicada esta idéia... acredi...

Maycon Max dos Prazeres ()

Acho um tanto que delicada esta idéia... acredito que as mulheres devem conquistar o seu espaço por seus próprios méritos... Se é a mente do cliente (consumidor) que deve ser mudada, isso precisa ser feito com uma boa conquista (propaganda); não se pode impor ao cliente a idéia de que as mulheres são tão capacitadas quanto os homens, mas deixar que elas mesmas conquistem o seu espaço (e que eles, os clientes e profissionais do ramo, reconheçam isso). Se há um preconceito (o que não deixa de ser uma diferenciação), você concorda com isso quando separa as partes diferentes... mas, por outro lado, faz com que isso não apareça quando mistura estes mesmos componentes... é só uma opinião... Um grande abraço a todos os leitores (vejam que a palavra leitores inclui homens e mulheres).

Comentários encerrados em 22/10/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.