Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cobrança de honorários

Escritórios devem ser flexíveis na hora de cobrar honorários

Os escritórios de advocacia devem ser flexíveis para escolher a melhor forma de cobrança de honorários. Caso contrário, perdem boas oportunidades de negócios. A afirmação é do gerente geral do escritório Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados, Mario Leandro Campos Esequiel, um dos palestrantes do seminário "Planejamento estratégico e marketing para escritórios de advocacia", que será no dia 24 de outubro, em São Paulo. Leitores recadastrados na revista Consultor Jurídico concorrerão a uma vaga no seminário. (Veja os detalhes no item Evento).

Além de Esequiel, Luiz Mello Machado, do Paulo Roberto Murray Advogados, Jorge Nemr, do Leite, Tosto e Barros Advogados e Gustavo Fortes, da empresa Espalhe Marketing de Guerrilha serão palestrantes do evento. Todos eles são especialistas em gerenciamento de empresas.

Esequiel discutirá a administração de escritórios, honorários advocatícios, redução de gastos e Tecnologia de Informação, entre outros temas.

Sobre a forma de cobrança de honorários, ele afirma que dependerá de cada caso. Escritórios pequenos podem sugerir um valor fixo ou cobrar por hora com a ajuda de um sistema de computador -- menos sofisticado -- de controle de apontamento de tempo de atendimento ao cliente. Atualmente, um bom sistema com essa finalidade custa em torno de R$ 300 mil. Mas escritórios pequenos podem contratar especialistas para desenvolver um software por um preço menor.

Segundo o gerente geral do Mattos Filho, os advogados precisam identificar gastos e estabelecer prioridades de cortes que sejam significativos em um escritório para um bom gerenciamento. "Não adianta, por exemplo, fazer cortes de pequenos gastos que apenas geram um constrangimento entre os funcionários e nada resolve", disse.

Para ele, um dos cortes que pode ser feito nos escritórios atualmente é a mudança de local. A locação é um dos principais custos dos escritórios hoje em dia. "Muitas vezes, os advogados não param para pensar isso. Com uma pesquisa de mercado, é possível mudar para um lugar bom e pagar menos".

No evento, Luiz Mello Machado falará sobre recursos humanos, infra-estrutura, remuneração, Tecnologia de Informação e informatização de escritórios. Gustavo Fortes discutirá comunicação, construção da marca e marketing de guerrilha. Ele também mostrará como construir a marca do escritório sem ferir o Código de Ética da OAB.

O advogado Jorge Nemr debaterá estratégias, tendências de mercado, administração e gerência de sociedades de advogados. Recentemente, ele esteve na Conferência Anual da International Bar Association (IBA), em São Francisco (EUA), onde foram discutidas arbitragem e fusões entre escritórios.

O evento

O seminário será no dia 24 de outubro, das 14h às 19h, no Hotel Maksoud Plaza, Alameda Campinas, 150, São Paulo. As vagas são limitadas. Serão conferidos certificados de participação. A inscrição custa R$ 630,00. Quem pagar até o dia 15 de outubro tem desconto. A inscrição baixa para 540,00 até essa data.

Há desconto de 10% para mais de dois integrantes do mesmo escritório e de 25% para estudantes. Todos os leitores recadastrados na revista Consultor Jurídico a partir do dia 20 de julho deste ano concorrerão a uma vaga no evento. O sorteio será feito na próxima terça-feira (14/10). Se você ainda não se recadastrou, clique aqui para se recadastrar e concorrer à vaga.

As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico www.uol.com.br/consultor/form/ . Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail eventos.conjur@uol.com.br ou pelo telefone (11) 3063-2111.

Conheça os palestrantes:

Mário Leandro Campos Esequiel

Graduado em Economia em 1986 pela Faap, há 3 anos é gerente geral do escritório Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados, responsável pelas áreas Administrativa, Financeira, Recursos Humanos, Tecnologia da Informação, Marketing e Eventos.

20 anos de experiência nas áreas Administrativas e Financeiras de empresas do ramo de Prestação de Serviço: Unibanco; Arthur Andersen; AC Nielsen; Hertz e The Boston Consulting Group.

Membro fundador do CEAE - Centro de Estudos de Administração de Escritório de Advocacia.

Cursos de Especialização em Wharton na Universidade de Pensylvania e na Fundação Getúlio Vargas.

Jorge Nemr

Advogado do Leite, Tosto e Barros Advogados, graduado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e pós graduado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP), com especialização nas áreas de Direito Administrativo, Comercial e Internacional, onde atua destacadamente, tendo prestado Consultoria Jurídica para importantes grupos empresariais.

É membro e conselheiro da ICLA (International Criminal Law Association), e membro da IBA (International Bar Association), Latin American Chair do "Practice Management and Technology Committee do IBA", dos Comitês de Legislação Telecomunicações e Meio Ambiente da Câmara Americana de Comércio e do Comitê de Apoio à Exportação do Cesa - Centro de Estudos das Sociedades de Advogados.

Possui vários artigos publicados em revistas especializadas, sendo co-autor do livro "Bank Confidentiality" e colaborador da revista americana IELR - International Enforcement Law Reperter.

Luiz Eduardo Mello Machado

Nascido no Rio de Janeiro, consultor para assuntos administrativo-financeiros e trabalha no Paulo Roberto Murray Advogados.

Formação Acadêmica: graduado pela Fundação Armando Álvares Penteado (Faap) em Desenho Industrial, São Paulo, 1978; Mestrado em Desenho Industrial (MID), especialização em Produto, Pratt Institute -- New York, 1982l Pós Graduação em Administração pela Universidade de São Paulo (USP), 1985.

Experiência Profissional: experiência gerencial em empresas multinaicionais como Diretor Industrial e depois Comercial da Parker Pen Ltd. e, como Gerente Geral da Forplás-Sonoco; Sócio-Diretor das empresas de Comércio Exterior PIT e ING Trade; Consultor de diversas empresas locais com ênfase em Planejamento Estratégico.

Especialidades: nas áreas Administrativas, Financeira, Comerciais, Planejamento, Marketing, Industrial e Comércio Exterior.

Gustavo Fortes Ferreira

Formado em Propaganda pela PUC/RJ em 1992, pós-graduação em Finanças no IAG Master da PUC/RJ, MBA Executivo no PDG/Ibemec e pós-graduação em New Media Management na University of London. Trabalhou na Esso Brasileira de Petróleo, no jornal O Dia e atualmente é sócio de agência Espalhe especlializada em Marketing de Guerrilha.

Revista Consultor Jurídico, 8 de outubro de 2003, 18h44

Comentários de leitores

9 comentários

O interessante é que não houve manifestação alg...

Alexandre de Andrade Gomes (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

O interessante é que não houve manifestação alguma, por parte dos organizadores do citado evento, a respeito do custo exorbitante do software milagroso. Fico a imaginar se não era esse mesmo o preço, e estamos, nós meros mortais, sendo simplesmente desprezados?

como bem escreveu a Dra. Hilda Cristina...prova...

Fabio Ito Kawahara ()

como bem escreveu a Dra. Hilda Cristina...provavelmente houve um erro de digitação...loucura gastar R300 mil com um software...

Zenita Novak Maiorana ( advogada autonoma- São ...

Zenita Novak ()

Zenita Novak Maiorana ( advogada autonoma- São Paulo- Capital ) Entendo que este seminário não está sendo dirigido aos advogados em geral, mas apenas a uma casta de profissionais que representam uma pequena minoria dentro da nossa sofrida classe. Faço minhas as palavras do ilustre colega Roberto Campanella Calendária.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 16/10/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.