Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Antes e depois

Desembargador compara cantora Rosana com índia boliviana

A beleza da cantora Rosana Fiengo -- depois da cirurgia plástica -- foi comparada ao padrão da índia boliviana em decisão da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Ao negar indenização por danos morais em ação movida contra a revista Veja, o desembargador José Carlos Varanda disparou: "Não conseguimos entender, e até lastimamos, como a autora, linda cantora que era e mais bonita não poderia ficar, acabou tendo seu belíssimo rosto transformado em fisionomia padrão de índia boliviana!"

E completou: "Só nos resta lamentar o insucesso obtido pela autora! Talvez por tal razão, é que ela desapareceu, lamentavelmente, do cenário musical nacional!".

Rosana fez sucesso nas décadas de 80 e 90 com músicas como 'O amor e o poder', 'Nem um toque' e 'Direto no olhar', todas temas de novelas da TV Globo. A música mais famosa é 'O amor e o poder' com o refrão "como uma deusa "

Ela entrou na Justiça porque não gostou de ser citada em notícia da Veja sobre os riscos das cirurgias plásticas. A revista afirmou que o resultado da cirurgia plástica de Rosana foi "mais exótico do que belo".

Em primeira instância, Veja foi condenada a pagar 24 mil por danos morais para a cantora. A Editora Abril, representada pela advogada Maria Fernanda Vaiano -- do escritório Lourival J. Santos Advogados -- recorreu da sentença.

A advogada alegou que a reportagem publicada sobre erros e imperfeições em procedimentos médicos e cirúrgicos é de interesse público. Também argumentou que resultado da cirurgia plástica da cantora foi objeto de várias reportagens na imprensa em geral.

Os argumentos foram aceitos pela segunda instância. Para o TJ do Rio, "deve ser ressaltado que as imagens da autora (antes e depois das cirurgias), se apresentam dentro do contexto jornalístico, tal como ocorreram com as de outras pessoas não menos conhecidas e outras desconhecidas. Ora, era necessário o antes e o depois!", afirmou o relator.

Ainda cabe recurso da decisão. O advogado da cantora -- Renato Marchena do Prado Pacca -- foi procurado pela revista Consultor Jurídico na tarde desta quarta-feira (19/11), mas não estava no escritório. A ligação para o celular caiu na caixa postal.

Apelação Cível nº 2003.001.20281

Revista Consultor Jurídico, 19 de novembro de 2003, 15h40

Comentários de leitores

6 comentários

O que fazer , realmente procuro entender o que ...

Deivy de Castro Silva ()

O que fazer , realmente procuro entender o que se passa no meio da sociedade ,pois todos querem o perfeito , como a cirurgia plástica fosse tão perfeita quanto a criação divina , o homem .Será o homem perfeito? Mais foi criado por um Ser Perfeito -Deus .Então , o homem deveria ser perfeito, porém esta nâo é a verdade.A verdade é, assim como a beleza e a feiura , são aspectos meramente relativos.Para o homem em si , a masculinidade dependerá de sua condição cultural ,ambiente , nacionalidade etc...Para mulher a beleza é parte integrante de sua alma, de uma " cultura universal feminina" . Pensamentos e valores diferentes , porém confluindo para um só caminho, a alma do ser humano.Como se pode julgar a beleza de cada um? A realidade é que a beleza é uma reflexão do interior , refletida pela vaidade pessoal, então , a cirurgia plástica será um remédio para tentativa de cura desta doença, mais ela não sera perfeita, ñunca será possível atingir resultados perfeitos.Finalmente concluo , que devemos aprender a julgar a beleza partindo do interior de cada ser humano. Deivy de Castro , Médico Cirurgião Plástico e Estudante de Direito

Impressionante como Desembargadores acham que e...

Ricardo Deminski ()

Impressionante como Desembargadores acham que estão acima do bem e do mal e podem tecer juizos de valor absurdos como esse. Porque ele não se limita a julgar? Fico imaginando a situação da Cantora: Ela entra com uma ação contra uma revista que a ofendeu e o próprio julgador, de quem deveria se esperar um mínimo de isenção, resolve atacá-la. A observação é francamente machista e lamentável ... PS: Lembro-me bem dessa reportagem, que era escancaradamente sensacionalista e abordava pessoas mortas e deformadas em cirurgias plásticas e médicos sem especialização. Agora pergunto: o que tem isso a ver com a cantora Rosana? É óbvio que a Revista Veja quis levar para outro lado e é uma pena que o Desembargador tenha sido tão ingênuo (?)

Realmente um absurdo! Será que existe interesse...

Alexander ()

Realmente um absurdo! Será que existe interesse público na veiculação de matérias desse tipo que visão unicamente denegrir a imagem de uma pessoa batalhadora e talentosa? O que interessa se a cantora fez plástica ou não? Ela continua cantando melhor do que nunca. Vencedora de 6 prêmios sharp de Música e 8 indicações em oito discos lançados. Reconhecida na América Latina, Europa e África. Fez shows recentemente nos Estados Unidos. Adorada por Caetano Veloso, Ângela Maria e Roberto Menescal e por uma legião de fãs. Pelo amor de Deus, vamos ter o mínimo de coerência e responsabilidade com o que se diz. Ela é uma cantora e não modelo. E saber cantar como ela, 95% das cantoras hoje em evidência (lindas e maravilhosas) não conseguem. E pra finalizar, gosto não se discuti. Para mim e para muitos outros artistas e apresentadores de tv, Rosana tem um rosto exótico lindo e tem um corpo maravilhoso. Parem de criticar Rosana e adquiram o novo cd da Deusa! www.rosananet.com Alexander.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 27/11/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.