Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fome zero

Vereadores de Chapecó aprovam cesta básica para cavalos

A Câmara Municipal de Chapecó (SC) aprovou, por unanimidade, a doação regular de uma cesta básica composta por alfafa, milho e ração eqüina para cavalos usados por catadores de lixo. O projeto foi apresentado pelo vereador João Mário Vaz Machado, do PFL, por causa da "carência alimentar dos cavalos utilizados por catadores de lixo reciclável no município"

Na justificativa, o vereador escreveu que "tem animal morrendo de fome, porque o dono não encontra dinheiro para comprar comida". O vereador Machado, de 49 anos, é formado em Teologia. A lei passou com a aprovação dos 19 vereadores.

No discurso na sessão, Vaz Machado lembrou que, "assim como os cães e os cavalos da Polícia Militar, os eqüinos dos catadores prestam serviço importante à comunidade".

A vereadora Ida Maronese, do PT, atendendo à orientação do partido, votou também a favor -- mas considerou "infeliz e inoportuna" a iniciativa do colega. Ida argumentou que em Chapecó, cuja base econômica é a agroindústria, mais de 7 mil famílias vivem abaixo da linha da pobreza. (Espaço Vital)

Revista Consultor Jurídico, 14 de novembro de 2003, 12h39

Comentários de leitores

9 comentários

É incrível o preconceito com relação aos animai...

Patricia Apolinario de Almeida Moro ()

É incrível o preconceito com relação aos animais. Muitas pessoas militam a favor dos pobres, desamparados, miseráveis, menores abandonados, idosos, deficientes, etc. Mas, quando surge alguém defendendo os animais são muitas as críticas que esta pessoa recebe. Críticas que vêm de todos os segmentos sociais, até os mais intelectuais, os grandes juristas, atacam aquele que milita a favor dos animais. Infelizmente, é grande o “especiesismo”. O ser humano precisa aprender a estender o círculo de respeito e compaixão para além da própria espécie humana, incluindo os animais irracionais que também são capazes de sentir dor, fome, medo, sede, solidão e afinidade. É o trabalho que dignifica o homem, no caso em tela, o cavalo ajuda a pessoa a desenvolver uma atividade laboral e, reiterando as palavras da Dra. Elisabete, o homem precisa de trabalho para se sentir útil e vivo. Esmola não engrandece ninguém, faz a pessoa se sentir um fracassado, dependente. Por outro lado se o cavalo não se alimenta não tem como a pessoa trabalhar com a ajuda desse animal. O ilustre vereador João Mário Vaz Machado atingiu um grau tão elevado de consciência que merece os meus parabéns. Também aos demais vereadores, que votaram a favor, estendo os meus parabéns. Quiçá, possamos um dia alcançar esse grau tão elevado de humanidade, possibilitando a todos os nossos semelhantes desenvolver um ofício. E, principalmente reconhecendo que os animais podem ser úteis para nós, na medida em que haja o devido respeito à sua condição de ser vivo e não de mero instrumento. Assim como nós, os animais necessitam de alimentação. O grande problema que incomoda a muitos, é que os animais não votam, muito menos pagam honorários.

Pois a vereadora Ida Maronese, do PT, deveria r...

Elisabete de Mello ()

Pois a vereadora Ida Maronese, do PT, deveria recomendar ao partido, a revisão do Programa Fome Zero, ouvindo as orientações do Ilustre Antonio Ermínio de Moraes. O povo não quer esmola, quer emprego. Essa deveria ser a prioridade do Governo. Animais, sim, sobrevivem pela iniciativa do ser humano, trabalham sem remuneração ou outros benefícios tão reclamados pelos petistas durante anos e, portanto, merecem cestas básicas. As Prefeituras Petistas deveriam fazer o mesmo em seus Centro de Zoonoses, ao invés de gastar dinheiro do orçamento com extermínio dos animais. Iria economizar muito com isso. Parabéns Chapecó! São Paulo deveria seguir seu exemplo.

Existe um ditado que diz: Quanto mais conheço o...

Wagner. Ford ()

Existe um ditado que diz: Quanto mais conheço os homens, mais estimo os animais. E existe outro quer diz: A civilidade de um povo se mede pela forma com que ela trata os animais. Chapecó está de parabéns. Já Passo Fundo...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 22/11/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.