Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Urnas abertas

Álvaro Lazzarini concorre à Presidência do TJ paulista

A edição de novembro do jornal Tribuna do Direito traz um caderno especial sobre as eleições deste final de ano que movimentam os advogados e os juízes de São Paulo. Em poucas semanas, serão escolhidos os novos comandantes do Tribunal de Justiça de São Paulo, da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), da OAB paulista e da Associação dos Advogados Criminalistas do Estado de São Paulo (Acrimesp).

Um dos candidatos à Presidência do TJ-SP, no biênio 2004/2005, é o desembargador Álvaro Lazzarini. Ele sustenta que "não poderia negar ao Judiciário paulista, nesses momentos de turbulência institucional, uma vocação política e administrativa surgida e amadurecida ao longo dos anos da judicatura. Ele afirma, ainda, que dedicará toda a disposição, energia e vitalidade "para enfrentar as dificuldades da eleição e, eventualmente, se assim entenderem meus colegas, as do cargo disputado".

Lazzarini, que é o atual vice-presidente da Corte, sustenta também que seu plano de ação centra-se em quatro pontos para fortalecer o Judiciário: recursos humanos, comunicação, segurança e meios materiais. Ou seja, sua meta é garantir todas as condições necessárias para alavancar a produtividade forense, melhorar a comunicação da Justiça com a sociedade, aumentar a segurança do sistema e oferecer os meios imprescindíveis para a melhora da prestação jurisdicional.

O outro candidato é o desembargador Luiz Elias Tâmbara, atual corregedor-geral da Justiça. Ele defende investimentos em aperfeiçoamentos e a conclusão da rede lógica de informatização de todas as unidades judiciárias e administrativas do Estado, re-engenharia administrativa, elaboração de um Código Judiciário do Estado, entre outros. A eleição do novo presidente do TJ-SP será no dia 3 de dezembro.

O comando da Apamagis é disputado por três candidatos: juiz Ademir Benedito, 52 anos, do Primeiro Tribunal de Alçada Civil (chapa "Independência"), atualmente 2º vice-presidente da entidade; o desembargador Celso Luiz Limongi, 62 anos, (chapa "Resgatando a União"), hoje 1º vice-presidente da Apamagis; e o juiz Henrique Nelson Calandra, 58 anos, do 2º Tribunal de Alçada Civil (chapa "Oposição Democrática"). A eleição seráno dia 29 de novembro.

Na eleição da OAB paulista, no dia 27 de novembro, oito candidatos estão no páreo: Vitorino Antunes, Luiz Flávio Borges D'Urso, Roberto Ferreira, Clito Fornaciari, Dino Capo, Carlos Ergas, Valter Uzzo e Rosana Chiavassa. (Leia links ao fim do texto.)

Duas chapas disputam o comando da Acrimesp no triênio 2004/2006. Uma é encabeçada pelo atual diretor da Escola de Advocacia Criminal da entidade, Carlos Alberto Manfredini, e a outras é liderada pelo advogado Carlos Augusto Leitão. A eleição será no dia 24 de novembro.

Revista Consultor Jurídico, 7 de novembro de 2003, 17h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/11/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.