Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dissídio coletivo

TRT paulista concede 18% de reajuste para metalúrgicos

A greve de metalúrgicos de São Paulo foi considerada não abusiva pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. A segunda instância paulista adotou os termos do acordo proposto pela Scania e determinou reajuste de 18,01% aos metalúrgicos da Volkswagen, mais um abono de R$ 600 para os trabalhadores que ganham até R$ 5 mil de salário.

O TRT-SP concedeu também estabilidade de 90 dias a contar a partir desta quinta-feira (6/11), e determinou o pagamento dos dias parados, mediante compensação de, no máximo, duas horas diárias.

O Tribunal ainda renovou as cláusulas sociais do dissídio coletivo dos metalúrgicos por dois anos e homologou proposta de antecipação da data-base da categoria de novembro para outubro desse ano e de outubro para setembro a partir de 2004.

A decisão do TRT-SP, entretanto, está condicionada ao retorno dos metalúrgicos ao trabalho. (TRT-SP)

Revista Consultor Jurídico, 6 de novembro de 2003, 19h28

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/11/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.