Consultor Jurídico

Fogo e fumaça

Incêndio em central telefônica fecha fórum de Porto Alegre

Um incêndio fez com que o fórum central de Porto Alegre (RS) fosse fechado nesta sexta-feira (23/5), às 9h30. Os estragos físicos se limitaram à sala de telefonia (no andar térreo) e a seus equipamentos mas, por medida de segurança, o prédio foi evacuado. As audiências que estavam acontecendo também foram todas interrompidas.

De acordo com o site Espaço Vital, a forte emissão de fumaça gerou um princípio de pânico nos dez andares, onde estavam cerca de mil pessoas. Cinco delas foram atendidas no Pronto Socorro, com intoxicações leves por fumaça e/ou quadro nervoso.

O fogo foi dominado pela equipe de segurança, com a participação imediata do Corpo de Bombeiros, cuja estação central situa-se a cerca de 300 metros do fórum. Quando as chamas foram apagadas, os funcionários puderam retornar ao prédio para retirar seus pertences.

Em seguida, o prédio foi fechado para que se fizesse a perícia técnica e se tomassem as providências de rescaldo. Nenhum cartório ou vara teve perda de qualquer espécie.

Todos os prazos que venceriam nesta sexta-feira serão estendidos por ato do juiz-diretor do foro, Almir Porto da Rocha Filho. O foro central reabre na segunda-feira (26/5). Ainda de acordo com o site Espaço Vital, as demais atividades da Justiça Estadual em Porto Alegre, tanto nos foros regionais como no Tribunal de Justiça, não foram afetadas.

Uma tomada de preços -- sem as formalidades da licitação -- já está sendo feita para a aquisição de emergência de uma nova central telefônica, o que deve ocorrer na segunda ou na terça-feira.

O foro ficará sem serviços de telefonia pelo menos até terça-feira (27/5). Técnicos da Brasil Telecom devem tomar providências já neste sábado para restaurar as 30 linhas telefônicas.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 23 de maio de 2003, 16h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/05/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.