Consultor Jurídico

Lista pronta

Anamatra sugere cinco nomes para vagas no Supremo

A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) divulgou o resultado da consulta feita entre mais de 3 mil juízes em todo país para indicação às três vagas que serão abertas este ano, no Supremo Tribunal Federal, com a aposentadoria compulsória dos ministros Moreira Alves, Ilmar Galvão e Sidney Sanches. A entidade elaborou uma lista com os cinco nomes mais votados, que será entregue ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos.

A Anamatra quer que a comunidade jurídica seja ouvida na seleção dos membros da suprema Corte do país, por meio de listas prévias como a que apresenta hoje. "Isso só aumentaria a legitimidade social do selecionado para o cargo", afirma o presidente da entidade, juiz Hugo Melo Filho.

Atualmente essas listas não costumam ser levadas em conta pelos governantes. "Mas o presidente Lula pode corrigir essa falha, tomando a iniciativa inédita de buscar as sugestões de entidades da magistratura, Ministério Público, advogados e universidades", propõe Hugo Melo. (Anamatra)

Os cinco nomes mais votados na Anamatra foram:

1) Antônio Barros Levenhagen

Ministro do Tribunal Superior do Trabalho

2) Francisco Queiroz Cavalcanti

Juiz do Trabalho do Tribunal Região da 5.ª Região (BA)

3) Carlos Ayres Brito

Advogado e professor em Sergipe

4) Carlos Alberto Reis de Paula

Ministro do Tribunal Superior do Trabalho

5) Sálvio de Figueiredo Teixeira

Ministro do Superior Tribunal de Justiça




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 5 de maio de 2003, 10h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/05/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.