Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vade mecum

Vade mecum aborda dificuldades para passar em concurso público

O programa Vade mecum deste domingo (13/7) aborda as dificuldades para ser aprovado em concursos públicos. Discute também como a OAB, a CNBB e o Ministério Público estão atuando para evitar a corrupção e o abuso do poder econômico no país.

O programa, que é exibido pela TV Justiça, também noticiará que a preocupação com a biopirataria fez a Procuradoria Geral da República adotar normas para conter o contrabando de espécies nativas brasileiras. Outra novidade que será abordada pelo Vade Mecum é que os portadores de obesidade mórbida agora vão poder recorrer a Justiça Federal para ter tratamento adequado.

No Et cetera, a jornalista Tuca Ivanicska apresenta o ex-promotor de Justiça, juiz aposentado, professor e escritor, João Baptista Herkenhoff. Ele conta as decisões polêmicas que tomou, como a de libertar uma mulher grávida que havia cometido um pequeno delito. Ela alegou que "o pequeno cidadão brasileiro que trazia no ventre" não poderia ser preso já que não havia cometido nenhum crime.

O Vade mecum do próximo domingo (20/7) será um especial. Será reexibida a entrevista com o procurador Regional da República, Alexandre Camanho. Ele falará de mitos e tocará violão com o irmão, juiz titular da 6ª Vara de Família de Brasília, Arnoldo Camanho que toca flauta. Na segunda entrevista, será reapresentada a história de vida do ministro José Paulo Sepúlveda Pertence, do Supremo Tribunal Federal.

Revista Consultor Jurídico, 10 de julho de 2003, 16h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/07/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.