Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pedido de liberdade

Acusado de receptar 450 quilos de maconha recorre ao Supremo

Michel Godoy Campello, acusado de tráfico de entorpecentes, quer liberdade. Por isso, recorreu ao Supremo Tribunal Federal com pedido de habeas corpus. Alega constrangimento por estar preso por mais de um ano e sem formação de culpa. Para ele, ocorreu excesso de prazo no encerramento da instrução penal.

Segundo Campello, não há nenhum indício nos autos que caracterize o comércio de entorpecentes. "Vê-se apenas uma desastrosa prisão, o acusado se encontrava em hora e local errados", sustenta. De acordo com as investigações da Polícia Federal de São José dos Campos (SP), Michel Campello era o receptador de uma carga de 450 quilos de maconha apreendidos em junho do ano passado, em um posto de combustíveis na Via Dutra, localizado entre as cidades de Taubaté e Pindamonhangaba.

A droga estava escondida dentro de móveis, em um caminhão de mudança. A Polícia Federal avaliou a carga de entorpecente em R$ 200 mil. (STF)

HC 83.270

Revista Consultor Jurídico, 8 de julho de 2003, 18h17

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/07/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.