Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tapinha nas costas

José Dirceu senta com Garisto e põe pedra em greve da PF

Na segunda-feira (15/12), por volta das 19h30, o ministro José Dirceu, da Casa Civil, manteve um encontro privado com Francisco Carlos Garisto para colocar uma pedra na greve da Polícia Federal. A greve se estendeu por dois dias e contou com 12 mil federais de braços cruzados, filiados à Federação Nacional dos Policiais Federais, fundada e presidida por Garisto.

Os federais encerraram oficialmente a greve, mas caso o governo não cumpra o prometido por Dirceu, ameaçam cruzar novamente os braços em março de 2004. Eles querem aumento salarial de acordo com lei de 1996, que lhes exige nível superior. Com isso, um salário inicial e bruto de RS$ 4,8 mil teria um acréscimo de RS$ 1,8 mil.

"O ministro nos disse que queria resolver a situação e me perguntou do que precisávamos. Disse que a PF vem fazendo um trabalho brilhante, e que ele estava constituindo um grupo especial de trabalho, em caráter de urgência, um grupo presidencial junto de gente do Ministério da Justiça. Dissemos a ele que a Justiça Federal do Ceará já nos deu ganho de causa nessa questão, e para tanto o ministro disse que constituiu um grupo de estudos técnicos para ver isso".

Revista Consultor Jurídico, 16 de dezembro de 2003, 16h10

Comentários de leitores

1 comentário

Ô Garisto. Se a Justiça Federal já lhes deu...

Antonio Fernandes Neto (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Ô Garisto. Se a Justiça Federal já lhes deu "ganho de causa", ou seja, reconheceu o direito líquido e certo, de cuja sentença (ou acórdão) não cabe mais recurso, nada mais resta ao poder executivo federal (ao qual pertence o Departamento de Polícia Federal), que cumprir o julgado. Como você pôde cair nesse conto do "constituir um grupo de estudos técnicos PARA VER ISSO"? O que que é isso, irmão??? Decisão judicial é para ser cumprida E NÃO ESTUDADA PARA VERMOS SE A CUMPRIMOS!!! Vá pesquisar e verás que, quando esse pessoal do PT incitava uma greve, esta ia "até o fim", ou seja, "até que houvesse um acordo e esse fosse cumprido", meu irmão. Esse pessoal tem uma boa lábia. Podes contar que terás de conclamar nova greve, logo, logo.

Comentários encerrados em 24/12/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.