Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

A conferir

Suspeita de fraude pode interromper concurso de juízes no RN

Alegando fraude em processo seletivo para a contratação de juízes no Rio Grande do Norte, o advogado Oreste Nestor de Souza Laspro, de São Paulo, protocolou na semana passada uma medida cautelar pedindo a paralisação do concurso.

Segundo o advogado, laudos encomendados para as universidades federais do Rio Grande do Norte e da Paraíba indicam que as chances matemáticas de estar correto o resultado apresentado na terceira fase do concurso, encerrado em outubro, são de menos de 1%.

"Existem ainda outros indícios de irregularidades, como o fato das provas terem sido corrigidas apenas por uma, ao invés de cinco pessoas, como estava estabelecido", disse o advogado do escritório Laspro e Duffles Martins. Ele representa cerca de 100 candidatos que foram eliminados no processo seletivo.

Revista Consultor Jurídico, 10 de dezembro de 2003, 17h42

Comentários de leitores

1 comentário

Uma observação: não se contratam juizes. O conc...

André Victor ()

Uma observação: não se contratam juizes. O concurso público visa a seleção de pessoal para provimento em cargo público. Não há que se falar em contrato.

Comentários encerrados em 18/12/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.