Consultor Jurídico

Punição

Preso é condenado a limpar banheiro por urinar em colegas

Notícia transcrita do portal Terra

Um ex-guarda norte-americano foi condenado a limpar banheiros, a desempenhar 150 horas de serviço comunitário e pagar US$ 100 mil a quatro colegas de basquete depois de urinar neles de cima de um telhado da prisão de Greene, em Springfield, no Missouri.

Justin Hastings, de 23 anos, que está preso, já havia sido condenado anteriormente por assalto. Hastings admitiu que sabia que os presos estavam na sala em que urinou.

Um teste de DNA comprovou que a urina é mesmo dele, mas os advogados de defesa dizem que não há como comprovar que a urina caiu nos colegas de prisão.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 19 de agosto de 2003, 14h12

Comentários de leitores

2 comentários

Típico estardalhaço que toda a mídia Norte Amar...

Gilberto Porto ()

Típico estardalhaço que toda a mídia Norte Amaricana adora publicar:indenizações estratosféricas,testes de DNA, enfim, cadeia por qualquer "bobagem", gasta-se milhões de dólares com "isto", enquanto milhares de crianças morrem pelo mundo afora de fome!!

Bom, é certo que a lei nos EUA é diferente da n...

Marcus Jose Martins Dal-toe ()

Bom, é certo que a lei nos EUA é diferente da nossa, mas que essa decisão é um exemplo é, seria muito interessante se nossos parlamentares legislassem por esse lado.

Comentários encerrados em 27/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.