Consultor Jurídico

Sistemas livres

Projeto Software Livre Brasil será lançado oficialmente dia 21

O Projeto Software Livre Brasil (PSL-BR) será lançado oficialmente na próxima quinta-feira (21), às 11 horas, no auditório Petrônio Portela, do Congresso Nacional. O anúncio ocorrerá durante sessão solene de encerramento da Semana de Software Livre do Legislativo, que acontece de 18 a 22 de agosto, em Brasília. Mais de 1,8 mil pessoas inscreveram-se para o evento, que promete balançar o país trazendo ao centro do poder um debate que vem ganhando cada vez mais espaço na mídia e nas discussões políticas em torno da independência tecnológica e inclusão digital. Mais de 20 palestras estão agendadas com os maiores especialistas da área sobre o tema Software Livre e Desenvolvimento do Brasil.

Nomes ilustres do Software Livre como Richard Stallman, presidente da Free Software Foundation e criador do Movimento Software Livre; e Miguel de Icaza, presidente da Gnome Foundation, confirmaram presença. O Governo Federal estará representado pelos ministros da Casa Civil, José Dirceu, da Cultura, Gilberto Gil, e da Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral. O apoio dado pelo Senado Federal e Câmara dos Deputados, através dos presidentes José Sarney e João Paulo Cunha, foram fundamentais na articulação deste grande encontro que demarcará uma posição política clara do nosso país em apoio aos sistemas livres.

Contrariando a posição de governos anteriores, que sempre optaram - sem questionamentos - por softwares proprietários, o presidente do Instituto de Tecnologia da Informação, Sergio Amadeu, analisa que "a grande vantagem da economia digital é ser desenvolvida mundialmente e seus ganhos serem locais". Amadeu complementa que "o software livre nos permite que tenhamos uma inserção na globalização, não apenas como meros consumidores, mas como desenvolvedores de tecnologia", revertendo uma posição desconfortável em que se enquadram os países da América Latina.

"Pretendemos continuar sendo referência mundial na condução vanguardista de temas pertinentes ao desenvolvimento social da nossa terra. O software livre tem este propósito e é por isso que encanta a todos e tem ganhado essa dimensão no planeta. Sabemos que podemos melhorar o mundo com o uso de sistemas livres, pois garantiremos mais recursos às áreas necessitadas", destaca Marcelo Branco, membro do Projeto Software Livre RS e um dos mentores do PSL-BR.

Durante o evento estão previstas, ainda, uma Mostra de Soluções e Iniciativas com Software livre, Audiência Pública da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTI) e sessões técnicas enfocando ambientes baseados em software livre. A relação completa das palestras pode ser obtida no site www.congresso.gov.br/softwarelivre.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 15 de agosto de 2003, 13h59

Comentários de leitores

1 comentário

É muito engraçado ver o Governo falar em Softwa...

Giovanni Ortu (Outros)

É muito engraçado ver o Governo falar em Software livre se em suas plataformas adota sistemas caríssimos. Tais sistemas são importados para agravar a situação. Nosso país já possui conhecimento e técnica para o desenvolvimento de sistemas muito mais baratos. São sistemas desenvolvidos em plataforma de software livre e que têm dupla vantagem: São nacionais e operam em sistemas livres. Com isso o Brasil não paga royallites e incentiva a indústria nacional do software. Porque as atitudes não iniciam em casa? www.siteinteligente.com

Comentários encerrados em 23/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.