Consultor Jurídico

Evento gratuito

Juízes e jornalistas discutem liberdade de imprensa em SP

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) vai promover uma conferência sobre liberdade de imprensa no Brasil. Juízes e jornalistas deverão analisar as relações entre a imprensa e o Poder Judiciário. A conferência recebeu o apoio do Superior Tribunal de Justiça. O presidente do STJ, ministro Nilson Vital Naves, fará uma apresentação durante o encontro.

Encabeçada pelo presidente da SIP, Andrés García, do jornal Novedades de Quintana Roo, Cancún, México, a Conferência Judicial sobre Liberdade de Imprensa, será no dia 29 de agosto no Hotel Crowne Plaza, em São Paulo. A intenção é criar um foro de entendimento entre juízes e jornalistas sobre a administração da justiça e o exercício do jornalismo no país.

Participarão ministros do Superior Tribunal de Justiça e juízes de todos os 27 tribunais estaduais, além de diretores de meios de comunicação, editores, colunistas e jornalistas.

A conferência é a sexta de uma série de reuniões que a SIP está promovendo em seletos países latino-americanos. A iniciativa surgiu em seguimento à Cúpula Hemisférica sobre Liberdade de Imprensa nas Américas que a SIP promoveu, em junho de 2002, em Washington, que reuniu magistrados de supremos tribunais de 23 países latino-americanos e jornalistas das três Américas. Conferências similares foram feitas na Argentina, Chile, Costa Rica, El Salvador e Peru.

Em São Paulo, a SIP prevê uma mesa redonda e painéis de discussão sobre temas variados relacionados ao exercício do jornalismo. Conferencistas locais e internacionais foram incluídos no temário do programa, como o juiz federal dos EUA, Peter Messitte; advogados especialistas em leis de imprensa, Ives Gandra da Silva Martins e Marco Antônio Bezerra Campos; Manuel Alceu Affonso Ferreira, ex-secretário de Justiça do Estado de São Paulo e José Saulo Ramos, destacado diplomata e jornalista. O evento é gratuito. Para outras informações, basta enviar mensagem para scasey@sipiapa.org. (SIP)




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 14 de agosto de 2003, 17h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.