Consultor Jurídico

Comentários de leitores

8 comentários

Casos anti-ético como esse devem ser punido com...

José CarlosSouza Santos ()

Casos anti-ético como esse devem ser punido com rigor pela OAB- subsecção Pernambuco. Para que sirva de exemplo aos maus profissionais.

São fatos como este que mancham a imagem dos ad...

Rodrigo Gutmacher Galvão Bueno ()

São fatos como este que mancham a imagem dos advogados e, assim, surgem aquelas piadas de mau gosto que atingem toda a classe. Os justos pagam pelos pecadores.

Muitos pensam que advogar é ser esperto, engana...

Nivaldo Guedes de Souza ()

Muitos pensam que advogar é ser esperto, enganar a todos e enriquecer da noite para o dia. É possível enganar a alguns durante algum tempo; a muitos durante muito tempo;mas é impossível enganar a todos durante o tempo todo. É aí que esses malandros se ferram!

Tal atitude inescrupulosa mancha a digna e difi...

Fabiano Sampaio ()

Tal atitude inescrupulosa mancha a digna e dificil profissão do advogado. Mas pergunto, onde estava o judiciario que permitiu tal acordo ? Ainda bem que ainda podemos contar com os ótimos serviços do Ministério Público. Devemos deixar bem claro que em todas profissões existem os bons e os maus profissionais e não podemos creditar isso ao fato de existirem um grande número de faculdades de direito e no Brasil, pois o número de pessoas que têm acesso ou conseguem chegarar a faculdade ainda é muito baixo e também temos que dizer que muitos dos maus profissionais do direito saem de universidades públicas. Também devemos salientar que um bom ou mau ensino na faculdade não garantirá que o profissional agirá como ética ou não. Vamos refletir !

Concordo com todos os comentários anteriores. C...

Claudio (Advogado Autônomo)

Concordo com todos os comentários anteriores. Comprovado os fatos, trata-se de bandido que utilizou a profissão de advogado para lesar. Como se sabe, bandidos não escolherm profissão, estão em todas as áreas. Escolhendo a advocacia lesam também os advogados que precisam da confiança e respeito do povo para trabalhar. Poderia ser examinada a hipótese da OAB postular reparação dos danos causados a profissão. Abalo moral, ou a credibilidade dos advogados. O resultado poderia ser dividido com os lesados, para melhorar a imagem da profissão. A Usina poderia, também, ser responsabilizada. Contudo, chama atenção no caso que o acordo para lesar aos trabalhadores foi homologado pelo juízo de direito, com toda a pompa e circunstãncia. Não pretendo aprofundar a questão ou levantar qualquer suspeita. Mas, a notícia informa que a diferência entre os direitos pleitados e as verbas recebidas chama atenção, até de um leigo. Assim, o juiz, conhecedor do direito do trabalho, no mínimo poderia conciderar suspeito o acordo e tomar as devidas cautelas, alertando aos reclamentes das divergências. O bandido, por óbvio, tinha intenção do ilicito : se passar por advogado para lesar, para isso se esforcou, até estudou direito e ingressou na OAB , tudo para obter vantagens enganando os incautos. Mas, sem dúvida, contou com um poder judiciário desatento. Por fim, espero a mobilização para ressarcir os lavradores e apurar responsabilidades. Não só punir. Devemos aproveitar a oportunidade para aprofundar a questão e definir que o povo não pode continuar sendo prejudicado pela ação dos bandidos e a ineficiência ou ineficácia do poder público, inclusive do judiciário. Claudio Marks Machado advogado

Confirmando minhas palavras, basta ler as decla...

Paulo Sergio Pimentel Silveira ()

Confirmando minhas palavras, basta ler as declarações do nosso dignissímo presidente Rubens A.Machado, ao defender o controle externo do judiciário, nesta mesma página, cita a proliferação das Faculdades de Direito e os bacharéis de beixa extração que coloca no mercado de trabalho.São poucos-por enquanto- mas deneggrem uma nobre classe.Excelente decisão.Chega de corporativismo.

Tal prática criminosa felizmente é exceção entr...

Raul Haidar (Advogado Autônomo)

Tal prática criminosa felizmente é exceção entre os advogados. No Estado de São Paulo existem hoje cerca de 12.000 processos disciplinares em andamento, onde mais de 80% acabam em absolvição do advogado, embora o Tribunal de Etica de SP seja um dos mais rigorosos do Brasil. Ora, existindo em São Paulo mais de 200.000 advogados, a percentagem de "malandros" representa menos de 1,5% do total. Ou seja: podemos, os advogados paulistas e os de todo o Brasil, ter orgulho de garantir que 98,5% dos colegas são sérios. Mas quando um advogado (ou qualquer outro profissional) trabalha seriamente a vida inteira, isso não é notícia, mas apenas obrigação. O que se divulga é tão somente a notícia da minoria de l,5% que tanto nos envergonha... É aquela velha lógica do jornalismo: se o cachorro morde o homem, não é notícia. Notícia é quando o homem morde o cachorro...

Infelizmente com a mercantilização do estudo em...

Paulo Sergio Pimentel Silveira ()

Infelizmente com a mercantilização do estudo em nosso Pais, resultando nesse absurdo número de Faculdades de Direito,é evidente que as consequencias diretas não demorariam a aparecer.Profissionais totalmente despreparados, sem cultura nenhuma e o que é muito pior , nao pensam duas vezes e nem medem resultados ao prejudicar seu clientes.

Comentar

Comentários encerrados em 21/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.