Consultor Jurídico

Notícias

Ampla defesa

Eduardo Jorge quer saber origem de denúncias contra ele

Comentários de leitores

5 comentários

A existência de procuradores como Luis Francisc...

Nelson Correa ()

A existência de procuradores como Luis Francisco, Celso Tres, entre outros, em princípio, não é de responsabilidade da União, nem da classe, porém os atos feitos em nome do corporativismo para preservá-los só vem denegrir a imagem do Ministério Público como um todo. Nelson Corrêa Engenheiro Civil- Brasília- DF

-A propósito do artigo "As Claras", gostaria de...

Maria Lucia C Pereira ()

-A propósito do artigo "As Claras", gostaria de comentar, com espanto, a dificuldade encontrada pelo Sr. Eduardo Jorge em ter acesso as informações que dizem respeito a ele mesmo. Como pode se defender alguém que não sabe por quem e nem do que é acusado? E os seus acusadores que levianamente submeteram-no a anos de sofrimento e a irreparáveis danos materiais e emocionais, vão sair ilesos? Esta prática não estaria alimentando o denuncismo leviano que todos abominamos?

Qualquer cidadão deve ter o direito de saber a ...

Juvenal Fernandes ()

Qualquer cidadão deve ter o direito de saber a motivação dos órgãos do Estado que abrem procedimento contra ele. Sonegar este tipo de informação alimenta perseguições canalhas e covardes. Falta em nossa suposta democracia mecanismo de responsabilização dos agentes públicos que, no exercício de suas funções, perseguem, difamam e caluniam.

o problema do denuncismo no brasil só começará ...

Claudio A. Faria ()

o problema do denuncismo no brasil só começará a ser resolvido quando o ministério público estiver submetido a um órgão de controle externo. enquanto estivermos sujeitos ao descontrole que impera no mpf, continuaremos a assistir ao "espetáculo do grotesco" - estrelando: luiz francisco.

Nem Kafka foi tão perverso quando escreveu seu ...

Sergio Balaban ()

Nem Kafka foi tão perverso quando escreveu seu Livro o Processo. EJ como foi chamado pela imprensa nunca teve nada provado contra ele e é ridículo que nossa justiça não possa dar um fim a esse eterno martírio e punir exemplarmente os procuradores criminosos e veículos de comunicação que aprenderam a ganhar dinheiro difamando a vida dos outros. Assim, em pouco tempo, qualquer pessoa que assumir uma posição no alto escalão do governo vai ter que roubar mesmo para poder conseguir dinheiro para se defender ou ficar refém dos interesses espúrios de procuradores e veículos de comunicação como a Folha, IstoÉ(que deveria se chamar QuandoÉ) entre outros que entram no famoso efeito manada para não deixar de registrar nada que seu concorrente idiota publicou. Aonde esse país vai para? Ou a justiça começa a agir exemplarmente ou teremos que fechar o Governo de montar uma anarquia.

Comentar

Comentários encerrados em 20/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.