Consultor Jurídico

Balanço geral

TV Justiça faz 1º aniversário e entrevista Marco Aurélio

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Marco Aurélio, será o entrevistado do quadro 'Etc' do programa Vade Mecum neste domingo (10/8), na TV Justiça. O quadro é apresentado por Tuca Ivanicska e vai ao ar no domingo, às 19h. O programa é reprisado às 23h do domingo e às 2h da segunda-feira.

A partir da próxima segunda-feira (11/8), quando a TV Justiça comemora um ano de existência, vai ao ar a sua nova programação, que estréia com o Jornal da Justiça 1ª edição. De segunda a sexta-feira, a jornalista Teresa Carneiro apresentará o telejornal, com meia hora de duração. Matérias de serviço, utilidade pública, curiosidades, comportamento e a agenda do Poder Judiciário são algumas novidades do novo telejornal.

No quadro "Direto da Redação", ainda dentro do Jornal da Justiça, a jornalista Geórgia de Oliveira mostra notícias dos tribunais em todo o país. A consultora Odete Rocha, em uma coluna às sextas-feiras, esclarece dúvidas de telespectadores. Cleusa Vasconcelos faz um breve resumo da programação do dia na TV Justiça.

Com novo formato e mais inserções na programação da TV, os boletins "Justiça Agora" vão ao ar de hora em hora também pela manhã, com início às 9h.

A duração do programa "Justiça em Ação" aumenta de 2 horas para 4 horas. Às quartas e quintas-feiras vai ao ar, ao vivo, a íntegra dos julgamentos do Plenário do Supremo Tribunal Federal - com comentários do jornalista e advogado Carlos Eduardo Cunha. Durante o "Justiça em Ação", o telespectador ficará sabendo dos destaques do "Jornal da Justiça" 2ª edição.

Ainda na nova grade, o "Programa Fórum" terá edições diárias. Mais flexível, entrevistas e debates se misturarão durante o programa - e nos fins de semana ocorre a reprise dos programas de maior repercussão.

Segundo a editora-chefe da TV Justiça, jornalista Ana Tereza Senna, "as modificações da grade têm por objetivo ampliar a cobertura jornalística a fim de oferecer aos telespectadores maior agilidade e imediatismo da notícia".

"Esse é o início do processo de ampliação da TV Justiça", afirmou o consultor, Mauro Garcia. De acordo com Garcia, investimentos em qualidade, novos formatos dos programas e ampliação da cobertura jornalística são os pontos mais importantes para o 2º ano da TV.

HISTÓRIA

Atualmente, o sinal da TV Justiça é retransmitido pela Sky e Directv em todo o país, pelas operadoras de cabo em 20 estados da Federação e no Distrito Federal e também pode ser recebido por antenas parabólicas. No primeiro semestre deste ano, a TV Justiça passou a ser transmitida via internet pela página do SuperiG e do STF e aumentou o horário da programação para 24 horas por dia. Hoje, são 40 programas no ar e mais de 22 correspondentes.

A TV Justiça, canal de televisão administrado pelo Supremo Tribunal Federal, entrou no ar no dia 11 de agosto de 2002, dia em que se comemora a criação dos cursos jurídicos no Brasil e, também, o dia de Santa Clara, considerada a padroeira da televisão.

A proposta da TV Justiça é traduzir, para o cidadão comum, o funcionamento do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública e da advocacia - serviços essenciais à Justiça, segundo a Constituição.

Anteriormente, já foram entrevistados no programa advogados como Eduardo Muylaert, Charles Isidoro Gruenberg, Diamantino Silva Filho, além do procurador regional da República para São Paulo e Mato Grosso, Alexandre Camanho, e do presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Francisco Fausto.

Clique aqui e entre em TVs ao vivo




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de agosto de 2003, 20h25

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.