Consultor Jurídico

Na telona

TJ-MG promove sessões de cinema gratuitas e abertas ao público

No mês de agosto, as sessões de cinema no Tribunal de Justiça de Minas Gerais estão de volta com cara e nome novos: o Cine TJ chama-se agora Cineclube TJ. Os filmes serão comentados pelo desembargador Sérgio Braga, superintendente de Comunicação do TJ, que fez a seleção das obras. Após a exibição, haverá debates com o público. As sessões serão sempre às 19h, no auditório do Anexo II do TJ, localizado à rua Goiás, nº 253, Belo Horizonte.

O filme "O Vampiro de Düseldorf", inaugura o projeto no dia 21 de agosto. Esse filme significou a consagração do diretor Fritz Lang e passou a ser referência do cinema expressionista alemão. Produzido em 1931, o filme é baseado na história real de Peter Kürten, um assassino de crianças que, em 1925, semeou o terror na cidade de Düseldorf.

Em 25 de setembro, será exibido outro filme de Fritz Lang, "Vive-se uma só vez". No dia 23 de outubro, "A grande ilusão", de Jean Renoir e, em 27/11, Os Eternos Desconhecidos, de Mario Monicelli. Todas as exibições serão precedidas de uma rápida apresentação da obra, situando-a no contexto em que foi feita, sua abordagem temática e o papel de seus mentores na história do cinema.

O Cineclube TJ é um projeto desenvolvido pelo Comitê de Comunicação Institucional do TJ-MG e tem por objetivo mostrar obras que marcaram a história do cinema mundial e promover o debate entre especialistas e público interessado. (TJ-MG)




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 7 de agosto de 2003, 21h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.