Consultor Jurídico

Via Legal

Programa de TV discute limite entre aborrecimento e dano moral

O programa Via Legal do dia 7 de agosto discutirá danos morais. A repórter Fernanda Galvão, do Superior Tribunal de Justiça, abordará o limite entre o aborrecimento e o dano moral. Na reportagem, ela relatará casos de pessoas que receberam indenizações por danos morais sofridos, inclusive o litigante que recebeu apenas um valor simbólico: R$ 1,00.

A reportagem de Analice Bolzan, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, vai tratar da realidade das rodovias federais brasileiras: buracos, pistas em péssimas condições e falta de sinalização. No sul do país não é diferente, mas lá, a Justiça Federal, acionada pelo Ministério Público Federal, tomou providências enérgicas para resolver a questão.

Na 2ª Região Federal -- RJ e ES -- um juiz garantiu o recebimento da pensão de uma falecida funcionária da Caixa Econômica Federal à sua companheira sobrevivente. Esse assunto também será tratado no programa.

Em seguida, a repórter Vera Carpes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, retrata o espaço que vem sendo conquistado pelos homossexuais na esfera jurídica. Ela entrevistará o juiz federal Roger Raupp Rios, autor do livro "A Homossexualidade no Direito", e acompanha a discussão do tema no Congresso Nacional -- onde o projeto de lei que regulamenta a união civil entre pessoas do mesmo sexo, da prefeita de São Paulo Marta Suplicy, tramita há oito anos.

A 48ª edição do "Via Legal", produzido pelo Centro de Produção de Programas para a TV do Conselho da Justiça Federal, em Brasília, vai ao ar no dia 7 de agosto, na TV Justiça, às 10h, às 13h e às 18h. Na TV Cultura e nas TVs Educativas o mesmo programa vai ao ar no sábado, 09 de agosto, às 9 horas. No canal Cidade Horizon vai ao ar na segunda, 11 de agosto, às 20 horas.

Outros horários do Via na TV Justiça: sábado, dia 09 de agosto, às 16h30 e 20 horas; e no domingo, dia 10, às 16h30.

Para outras informações, basta mandar uma mensagem para vialegal@cjf.gov.br (Via Legal)




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 1 de agosto de 2003, 18h29

Comentários de leitores

1 comentário

A iniciativa da TV JUSTIÇA é ótima. Pena que a ...

Claudio (Advogado Autônomo)

A iniciativa da TV JUSTIÇA é ótima. Pena que a maioria não tem acesso ao canal e que na TV aberta, rede educativa, o progrma seja exibido 9 horas da manhã, horário pouco propício. Ou seja, apesar do interesse, nunca assisti a TV JUSTIÇA. Por outro lado, asssito com frequência o Direito em debate na TVE. Penso que o CJF pode fazer uma parceria com a OAB e produzir bons progamas com temas jurídicos. Afinal, sem a presença do advogado qualquer debte jurídico fica, no mínimo sem graça. Claudio Marks Machado Advogado

Comentários encerrados em 09/08/2003.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.