Consultor Jurídico

Reforma do Judiciário

Anamatra apóia decisão do Senado de continuar votação da Reforma

O Plenário do Senado Federal rejeitou o requerimento do Partido dos Trabalhadores (PT) para adiar a votação da reforma do Judiciário para o dia 13 de dezembro. Diversos juízes do trabalho que acompanharam a votação, comemoram a decisão.

De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Hugo Melo Filho, não havia motivos plausíveis que justificassem o adiamento da votação. Segundo ele, a matéria já foi devidamente debatida durante os mais de 10 anos de tramitação.

Porém, ele reconhece que existem alguns pontos divergentes no texto que se encontra no plenário, em especial quanto à súmula vinculante.

Revista Consultor Jurídico, 20 de novembro de 2002.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 20 de novembro de 2002, 21h27

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/11/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.