Consultor Jurídico

Polêmica

Advogado questiona lista sêxtupla da OAB-SP para vagas do TRT

O advogado Jorge Rabelo de Moraes impetrou Mandado de Segurança contra o Conselho Estadual da OAB-SP, questionando a legalidade da composição da lista sêxtupla elaborada pela Ordem para preenchimento de vagas no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, destinadas ao Quinto Constitucional.

A sessão realizada no Conselho Seccional Paulista no dia 5 de junho votou a indicação de duas listas sêxtuplas para o preenchimento das vagas originadas pela morte do juiz José Vitório Moro e pela aposentadoria do juiz Argemiro Gomes.

O advogado alega que o critério de votação descumpre o artigo 94 da Constituição Federal e o Provimento número 80/96 do Conselho Federal da OAB que determinam que a lista seja sêxtupla.

O principal questionamento do Mandado é a orientação da votação dada pela Ordem, determinando que fossem votados para a composição da segunda lista, nomes que integraram a primeira, ocasionando a repetição de três nomes, dentre esses, Benedito José Pinheiro e Miguel Gantus Júnior, ambos ex-juízes classistas.

Já existe precedente, quando em 1993, o Conselho Seccional votou e escolheu doze integrantes para compor duas listas sêxtuplas.

Revista Consultor Jurídico, 24 de junho de 2.002




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 24 de junho de 2002, 19h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.