Consultor Jurídico

Ameaça de bomba

OAB-SE é interditada por ameaça de bomba

O presidente nacional da OAB, Reginaldo de Castro, recebeu telefonema do presidente da Seccional de Sergipe, Raimundo César Brito, comunicando que a sede da entidade está interditada em virtude de ameaças de bombas feitas durante a manhã desta segunda-feira (8/11) em duas ligações telefônicas.

Na semana passada, o presidente da OAB de Sergipe entregou ao Governador Albano Franco um dossiê com graves denúncias envolvendo as polícias militar e civil, além de outras autoridades do Estado, com o crime organizado.

Desde que passaram a denunciar a existência do crime organizado no país, cinco Seccionais da OAB receberam ameaças de bombas e seus presidentes foram obrigados a solicitar segurança à Polícia Federal: Piauí, Espirito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e agora Sergipe.

A Seccional da OAB do Distrito Federal também recebeu recentemente ameaças de bomba em virtude das denúncias feitas pela entidade no caso da loteria do DF.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de novembro de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/11/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.