Consultor Jurídico

Notícias

Associação desnecessária

No STJ, relator vota a favor de poupadores em caso de expurgos do Plano Verão

Comentários de leitores

3 comentários

Faltou dizer ...

Barchilón, R H (Advogado Autônomo - Civil)

A importância do voto e da conclusão que se alcançará no caso dos poupadores extrapola do mérito dessa causa para tocar no espinhoso tema do alcance da representação coletiva inaugurada pela Lei da Ação Civil Pública na década de 80 do século passado, ampliada pelo Código de Defesa do Consumidor de 1992, que até hoje não se resolveu definitivamente no STF.

Apenas ??

Apenas (Advogado Assalariado - Consumidor)

Quem fez a matéria poderia ter a informação correta. "Apenas para excluir os juros de mora do cálculo ..."
A exclusão dos juros de mora seria que muito mais da metade do valor. Espero que o Ministro que tenha pedido vista seja para verificar a situação. Seria uma vergonha a exclusão dos juros de mora.

Iludido advogado autônomo

Iludido (Advogado Autônomo - Civil)

Particularmente, entendo que a decisão da retirada dos juros sobre a responsabilidade civil de qualquer banco, relativos aos seus atos capitalistas, é contribuir com a impunidade lastreada neste pais. Enobrecer os atos aventureiros dos grandes exploradores dos mais caídos. Fomento à impunidade. Incentivos aos atos.

Comentar

É necessário se identificar fazendo login no site para poder comentar.
Não tem conta na ConJur? Clique aqui e cadastre-se!