Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ação antigrampos

A pedido de Cármen Lúcia, PF faz varredura em gabinetes do STF

Por 

A Polícia Federal fez, na noite de segunda-feira (26/6), uma varredura nos gabinetes dos ministros do Supremo Tribunal Federal. A ação da PF serve para detectar grampos ou outras ameaças e ocorre periodicamente no STF.

Desta vez, no entanto, aconteceu a pedido da presidente do STF, Cármen Lúcia, logo após a divulgação de supostos grampos envolvendo o relator da "lava-jato" na corte, ministro Luiz Edson Fachin. 

No último dia 10, a revista Veja noticiou que o presidente Michel Temer teria acionado a Agência Brasileira de Inteligência para investigar Fachin. O chefe do Executivo, porém, negou a informação.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 27 de junho de 2017, 12h45

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/07/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.