Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Susto no ar

Avião que levava Gilmar Mendes ao Pará tem falha técnica e retorna a Brasília

Uma falha técnica obrigou, na noite desta quinta-feira (22/6), o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que transportava o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, a dar meia-volta após uma hora de voo e retornar a Brasília, de onde havia partido. Em nenhum momento a segurança dos passageiros foi comprometida, segundo a FAB.

Presidente do TSE, Gilmar Mendes seguia para Belém, onde iria inaugurar um posto de identificação biométrica.
José Cruz/Agência Brasil

O avião com Gilmar Mendes seguia para Belém, onde ele iria inaugurar um posto de identificação biométrica. Devido ao incidente, o ministro teve que cancelar sua participação no evento, organizado pelo TSE.

“Os pilotos realizaram os procedimentos previstos e, por precaução, retornaram à capital federal. Em nenhum momento a segurança dos passageiros foi comprometida e o pouso ocorreu às 19h45, na Ala 1, em Brasília”, informou a FAB por meio de nota. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 23 de junho de 2017, 15h15

Comentários de leitores

6 comentários

Avião: tem falha técnica

ubira39 (Outros)

Que pena, pane!!!!

Ainda não foi desta vez!!!!!

Que fazer... Só esperar.....

Ministro gilmar ferreira mendes

O IDEÓLOGO (Outros)

Intelectual constitucionalista, reacionário, baixa produtividade no STF e navegador em águas turvas.

para pensar!

WLStorer (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O que seria pior, o avião cair ou o Min. discursar?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 01/07/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.