Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Homenagem póstuma

Aeroporto de Congonhas agora se chama deputado Freitas Nobre

O aeroporto de Congonhas, na capital paulista, agora leva o nome do deputado Freitas Nobre. A mudança na denominação está na Lei 13.450, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (19/6).

A proposta de alterar o nome do aeroporto é do ex-deputado João Bittar. "Significa o reconhecimento e o resgate da memória de um homem público de bem que nunca teve medo de enfrentar os obstáculos da sua época para promover a igualdade, a liberdade e a fraternidade entre todos os brasileiros", diz na justificativa do projeto.

Cearense, o ex-deputado José Freitas Nobre era, além de político, jornalista, advogado, professor e escritor. Ficou notoriamente conhecido por sua luta pela redemocratização do país. Foi vice-prefeito de São Paulo na gestão de Prestes Maia. Em 1964, vítima de perseguição política na ditadura militar, exilou-se na França.

Retornou ao Brasil em 1967 e voltou à vida pública, tendo sido eleito deputado federal por seis mandatos consecutivos. Sua atuação política foi dedicada, em especial, à luta pela anistia e pelo movimento “Diretas Já”. Freitas Nobre morreu em São Paulo em 1990.

Leia a Lei 13.450/2017:

LEI Nº 13.450, DE 16 DE JUNHO DE 2017

Denomina Aeroporto de São Paulo/Congonhas - Deputado Freitas Nobre o aeroporto da cidade de São Paulo, capital do Estado de São Paulo.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA
Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º O Aeroporto de São Paulo/Congonhas, situado na cidade de São Paulo, no Estado de São Paulo, passa a ser denominado Aeroporto de São Paulo/Congonhas - Deputado Freitas Nobre.

Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Brasília, 16 de junho de 2017; 196º da Independência e 129º da República.

MICHEL TEMER
Mauricio Quintella

Revista Consultor Jurídico, 19 de junho de 2017, 10h17

Comentários de leitores

4 comentários

palhaçada !

Luiz Antonio Rodrigues (Comerciante)

só mesmo um bando de palhaços para resolverem alterar o nome de um espaço público em São Paulo com a desculpa de "homenagear" um ilustre desconhecido!
deve ser por falta de trabalho!

Como assim?

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

Acho que deveriam fazer um puxadinho na "fundação Fernando Henrique Cardoso" denominando-o com o nome de Freitas Nobre já que era do PSDB (e anteriormente do PMDB) quando faleceu. Agora .... alterar o nome do aeroporto de Congonhas .... me ajuda aí Maria do Rosário .... "o que é isso aqui"?

Realmente, esse é um país de bananas!

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Será que os deputados não têm nada melhor pra fazer do que ficar perdendo tempo e gastando o dinheiro do contribuinte para elaborar e votar uma lei como essa?
Até parece que o País está a mil maravilhas, que não há nada mais importante para debater do que essa palhaçada de prestar homenagem a alguém.
Não conheço e nunca ouvi falar do deputado homenageado. Por isso mesmo não tenho opinião alguma sobre ele. Mas uma coisa pra mim é certa e recerta: muitos parlamentares brasileiros parecem não saber e não ter a menor noção da função que exercem e para o que foram eleitos.
Por isso, acho repugnante a iniciativa do deputado que propôs a lei e mais repugnantes ainda ter ela sido aprovada pelos demais parlamentares e sancionada pelo chefe do Executivo, num país fervendo e lançando labaredas pelos quatro cantos em todos os sentidos.
Mas... o que esperar, não é mesmo, de um Parlamento como esse que está aí?
(a) Sérgio Niemeyer
Advogado – Mestre em Direito pela USP – sergioniemeyer@adv.oabsp.org.br

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 27/06/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.