Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Esquema especial

TSE reforça segurança para julgamento da chapa Dilma-Temer nesta terça

O Tribunal Superior Eleitoral reforçou a segurança nesta terça-feira (6/6) devido ao julgamento da ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer, vencedora das eleições presidenciais de 2014.

A sessão que retoma o julgamento está marcada para às 19h desta terça. Além dela, estão marcadas sessões para esta quarta-feira (7/6) e quinta-feira (8/6). Durante todo este período, a segurança do TSE contará com o apoio da Polícia Militar do Distrito Federal.

O policiamento será feito tanto no perímetro do TSE quanto nos arredores, incluindo o Superior Tribunal de Justiça, o Tribunal Superior do Trabalho e as embaixadas da Austrália, Reino Unido, França e Estados Unidos.

Além disso, os estacionamentos localizados ao redor do prédio do TSE estão interditados e haverá retenção de veículos em dois trechos a partir das 17h desta terça.

Algumas horas antes do início do julgamento, cães farejadores farão uma varredura na área interna do Tribunal. Haverá a intensificação da inspeção nas entradas principais do prédio do TSE, especialmente no térreo e no subsolo, por meio dos equipamentos de raio-X e pórticos detectores de metais, sendo que algumas áreas internas do Tribunal terão acesso restrito.

No prédio principal, os elevadores que ficam nas extremidades (trechos 2 e 5) serão de acesso exclusivo das autoridades. Sendo assim, os servidores poderão circular apenas pelos elevadores localizados no hall.

O TSE ainda contará com o apoio do Corpo de Bombeiros, que disponibilizará uma viatura para atender a qualquer eventualidade, e de uma UTI Vida, para o caso de pessoas precisarem de atendimento de emergência.

As sessões de julgamentos serão abertas ao público, bastando se identificar na portaria para assistir, respeitando a lotação do local e a vestimenta adequada. No Plenário, que comporta 240 pessoas sentadas, serão reservados assentos para advogados e autoridades. Todas as sessões serão transmitidas ao vivo pela TV Justiça e também pelo canal da Justiça Eleitoral no YouTube. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 6 de junho de 2017, 12h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/06/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.