Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Interior prejudicado

OAB pedirá instalação de 15 juizados especiais fazendários no Rio de Janeiro

Por 

A seccional fluminense da Ordem dos Advogados do Brasil pedirá ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro a instalação de 15 juizados especiais fazendários no estado.

Luciano Bandeira diz que moradores do interior são prejudicados com ausência de juizados fazendários.
Bruno Marins/OAB-RJ

Segundo o presidente da Comissão de Prerrogativas da entidade, Luciano Bandeira, apenas 3 dos 18 juizados previstos foram implementados — e todos na cidade do Rio. Dessa forma, os moradores e advogados do interior ficam prejudicados, disse Bandeira à ConJur.

Os juizados fazendários são usados para questionar pequenos atos da administração pública, como uma multa de trânsito. Mas não vale a pena se sujeitar ao trâmite ordinário das varas de Fazenda para isso, afirmou Bandeira. Assim, quem mora fora da capital do Rio fica de mãos atadas nessas situações.

Para mudar essa situação, o também diretor da OAB-RJ destacou que fará um estudo sobre o tema com os presidentes das subseções da entidade. Com base nele, a Ordem pedirá que o TJ-RJ instale os juizados fazendários restantes para atingir a meta.

Caravana de Prerrogativas
Luciano Bandeira tem atravessado o estado do Rio de Janeiro com a Caravana de Prerrogativas. Por meio desse projeto, ele visita as subseções da OAB-RJ e ouve dos advogados locais quais são seus principais problemas.

Uma crítica recorrente é como a falta de juízes e servidores afeta o andamento dos processos. “Há comarcas que estão uma década sem juiz titular, apenas substitutos que acumulam três, quatro cidades. Assim que a situação econômica do estado melhorar, é necessário aumentar o número de magistrados e servidores”, avaliou Bandeira.

 é correspondente da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 21 de julho de 2017, 9h50

Comentários de leitores

1 comentário

Com que dinheiro?

Voluntária (Administrador)

O pleito pode ser justo, talvez prioritário. Mas, diante da insolvência do Estado do Rio de Janeiro, de onde sairá o dinheiro?

Comentários encerrados em 29/07/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.