Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Juiz da "lava jato"

Sentindo-se ameaçado, Marcelo Bretas ganha reforço em sua segurança pessoal

Por 

Sentindo-se ameaçado, o juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, pediu e obteve reforço em sua segurança pessoal.

Juiz responsável pela "lava jato" no Rio, Marcelo Bretas ganhou reforço em sua segurança pessoal. 
Cauê Diniz

O incremento da escolta armada que protege o juiz responsável pela operação "lava jato" no Rio foi implementado na sexta-feira (7/4), mas oficialmente anunciado nesta segunda (10/4) à imprensa, por Bretas e pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (RJ e ES), André Fontes.

O juiz disse que a medida o deixa "muito à vontade" para conduzir os processos do caso, que já resultaram em prisões de figurões como o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e o empresário Eike Batista.

Contudo, nem os magistrados nem o assessor de imprensa do TRF-2 André Camodego indicaram se atos ou ameaças motivaram o reforço na segurança de Bretas — vale lembrar que, tal como a maioria dos juízes criminais, ele já contava com proteção oficial.

De acordo com o colunista do jornal O Globo Lauro Jardim, dois homens foram à Justiça Federal do Rio em fevereiro e fizeram diversas perguntas sobre a rotina do juiz aos funcionários do local.

 é correspondente da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 10 de abril de 2017, 19h05

Comentários de leitores

1 comentário

O destemido

O IDEÓLOGO (Outros)

O Juiz Marcelo Bretas colocará na cadeia toda a elite carioca.
E depois, vai para o USA.

Comentários encerrados em 18/04/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.