Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Propaganda irregular

OAB-MG notifica advogados que fizeram publicidade em ônibus

A seccional mineira da Ordem dos Advogados do Brasil notificou os responsáveis por fazer anúncio de serviços de advocacia em ônibus. De acordo com a Comissão de Ética e Disciplina (CED), este tipo de publicidade fere o Código de Ética e Disciplina da OAB.

Ônibus circula com propaganda de escritório em Minas Gerais [Reprodução]
Ônibus veicula informações sobre escritório em MGReprodução

A publicidade em outdoor ou equivalente — conforme expresso no artigo 30 do Código de Ética e Disciplina — é proibida, bem como a utilização de  termos   ou   expressões   que   possam   iludir   ou   confundir   o   público, informações  de  serviços  jurídicos  suscetíveis  de  implicar,  direta  ou  indiretamente, captação de causa ou clientes.

O Código de Ética prevê que “o  advogado  pode anunciar  os  seus  serviços  profissionais,  individual  ou coletivamente, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa, vedada a divulgação em conjunto com outra atividade”.

A cidade onde circulou a propaganda e o nome do escritório não foram divulgados. O presidente da Comissão de Ética e Disciplina (CED) da OAB-MG, Milton da Costa Val, informa que toda propaganda irregular e imoderada do exercício da advocacia é objeto de averiguação e posterior abertura de processo administrativo e disciplinar, cuja tramitação se dá sob o devido sigilo. Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB-MG.

Revista Consultor Jurídico, 6 de março de 2016, 11h04

Comentários de leitores

4 comentários

Somente em MG a OAB trabalha?

FRMARTINS (Administrador)

OAB MG está trabalhando sério quando verifica estes descalabros. Porque as OAB'S não prestam este tipo de serviço a sociedade?

Esses advogados

João Corrêa (Estagiário - Previdenciária)

que prestam consulta gratuita não conhecem ao menos o código de ética da OAB. Esperar o que de "nulidades" como essas?

Não basta.

Wagner Göpfert (Advogado Autônomo)

A população, por outro lado, fica refém dessa nobridade da categoria. existem (quantos?) advogados em sp. especializados na sua área? Bem, não preciso me estender, espero, o fato é que há de haver um "marco regulatório"(?) para que os advogados possam "competir" com os mega escritórios que sustentam estas fazendas...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 14/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.