Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Direção nacional

Novo presidente, Lamachia assume Conselho Federal da OAB em fevereiro

A partir do dia 1o de fevereiro, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, estará com nova diretoria, liderada pelo advogado Claudio Lamachia. 

No próximo dia 31 de janeiro, a partir das 17h, acontece a última sessão plenária presidida pela atual gestão do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. O encontro marca oficialmente o fim do mandato de Marcus Vinicius Furtado Coêlho e a eleição da nova diretoria, cuja posse acontece no dia seguinte, a partir das 9h.

Marcus Vinicius aponta o saldo do triênio como bastante positivo. “Tenho certeza de que cumprimos com nossas missões. Trabalhamos de maneira séria pela advocacia brasileira, com conquistas que entraram para a história. Aos colegas da nova diretoria, o nosso total apoio”, deseja.

A futura diretoria da OAB, que contou com o apoio das 27 seccionais, tem Lamachia (RS) como presidente; Luis Cláudio Chaves (MG) como vice-presidente; Felipe Sarmento (AL) como secretário-geral; Ibaneis Rocha (DF) como secretário-geral adjunto; e Antonio Oneildo Ferreira (RR), que permanece na função de diretor-tesoureiro. Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB.

Revista Consultor Jurídico, 17 de janeiro de 2016, 15h20

Comentários de leitores

4 comentários

Que os novos dirigentes da oab sigam os ensinamentos do papa

VASCO VASCONCELOS -ANALISTA,ESCRITOR E JURISTA (Administrador)

Por Vasco Vasconcelos, escritor e jurista. Honra-me ocupar este espaço para congratular-me com os novos dirigentes da OAB, recém eleitos e desejar-lhes sucesso. Que doravante essa colenda entidade que outrora prestou relevantes serviços ao país, passe as respeitar sua própria missão de defender a Constituição, os direitos humanos e a justiça social. OAB tem que se limitar a fiscalizar os seus inscritos e puni-los exemplarmente, fato que não está acontecendo veja o que relatou a REPORTAGEM DE CAPA DA REVISTA ÉPOCA Edição nº 297 de 26/01/2004 "O crime organizado já tem diploma e anel de doutor. Com livre acesso às prisões, advogados viram braço executivo das maiores quadrilhas do país. O texto faz referência aos advogados que se encantaram com o dinheiro farto e fácil de criminosos e resolveram usar a carteira da OAB para misturar a advocacia com os negócios criminosos de seus clientes. Doutores a OAB não tem condão e/ou alçada constitucional para avaliar ninguém. Art. 209 da CFdiz que compete ao poder público avaliar o ensino. Jamais punir por antecipação, milhares de Bels.em Direito, (Advogados), soterrados em dívidas do Fies já devidamente qualificados pelo Estado, aptos para o exercício advocacia em flagrante contradição com a missão da OAB, sem o devido processo legal violando a Constituição e o Estado de Direito. (art. 5º LIV-LV CF) . (DUE PROCESS OF LAW”, lembrando que após Bel. em Direito se inscrever nos quadros da OAB, ela tem poder de advertir e até excluir dos seus quadros os maus advogados. Ensina-nos o Papa Francisco: JÁ NÃO ESCRAVOS. MAS IRMÃOS. Que o 1º Ato da nova diretoria, em respeito ao primado do trabalho e à Declaração Universal dos Direitos Humanos, seja abolir de vez a última ditadura a escravidão contemporânea da OAB.

Merecido

Henrique Aguiar (Advogado Assalariado - Tributária)

Boa Sorte e Sucesso ao futuro presidente do Conselho Federal. Sei que fará um grande trabalho.

SP mais uma vez de fora. Diretas já

Bruno César Cunha (Advogado Assalariado - Civil)

Está mesmo sem moral a Seccional paulista, não conseguiu um representante na diretoria.
No mais deixo meu desabafo em afirmar a insatisfação da advocacia pelo fato de não poder votar diretamente em seus representantes. Eleições indiretas estão na contramão da democracia. Não reconheço essa nova diretoria, não me representam, não votei e nem votaria em nenhum.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 25/01/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.