Consultor Jurídico

Direito na Europa

Por Aline Pinheiro

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Colaboração do acusado

TPI deve concluir julgamento em apenas uma semana depois de réu confessar crime

Esta segunda-feira (22/8) foi um dia de primeiras vezes no Tribunal Penal Internacional, na cidade holandesa de Haia. Pela primeira vez na história da corte, os juízes estão julgando alguém acusado de destruir prédio histórico e religioso, o que também se encaixa na definição de crime de guerra. E, também pela primeira vez, um réu confessou o crime, facilitando o trabalho da acusação.

O TPI começou a julgar Ahmad Al Faqi Al Mahdi, que responde por destruir prédios históricos e monumentos religiosos no Mali. Mahdi cumpriu com o prometido e admitiu ter cometido o crime. Por conta disso, as audiências do julgamento devem terminar até o final da semana, e não durar meses, como até hoje aconteceu na corte. Uma vez concluídas as audiências, a corte se reúne em reservado para anunciar, numa data ainda a ser marcada, a sua decisão.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 22 de agosto de 2016, 13h59

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/08/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.