Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Trabalhadores em risco

Devido a greve na segurança, bancos estão proibidos de abrir nesta quinta no RS

As agências de sete instituições bancárias no Rio Grande do Sul deverão permanecer fechadas nesta quinta-feira (4/8), das 6h às 21h. A determinação é do juiz do Trabalho Jorge Alberto Araújo, titular da 5ª Vara do Trabalho de Porto Alegre. A medida pretende preservar a segurança dos bancários em razão da paralisação das forças de segurança pública do estado, anunciada para a data. Em caso de descumprimento, ele fixou multa de R$ 1 milhão por estabelecimento.

A decisão liminar foi publicada na tarde desta quarta-feira (3/8) e atende a pedido do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários) e da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul (Fetrafi-RS).

A medida atinge as agências das seguintes instituições: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banrisul, Banco Safra, HSBC, Itaú Unibanco e Bradesco, em todo o território do Rio Grande do Sul.

Na sentença, o magistrado considera incalculável o dano ‘‘que pode decorrer de eventual morte ou mesmo submissão à situação de violência que os empregados dos réus podem sofrer em caso de funcionamento das agências nesta quinta-feira’’.

A decisão foi publicada após audiência com representantes do SindiBancários, da Fetrafi-RS e das sete instituições bancárias na 5ª Vara do Trabalho de Porto Alegre. Cabe recurso do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS). Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-4.

Clique aqui para ler a sentença.

Revista Consultor Jurídico, 3 de agosto de 2016, 19h29

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/08/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.