Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Juízes políticos

Senado define comissão especial que analisará pedido de impeachment​

O Senado definiu nesta segunda-feira (25/4) os nomes que vão compor a comissão especial que analisará a denúncia de crime de responsabilidade contra a presidente Dilma Rousseff (PT). A votação foi simbólica, em sessão presidida pelo presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

O grupo deve analisar se o processo de impeachment é viável, como concluiu a Câmara dos Deputados no dia 17 de abril, por 367 votos favoráveis. O parecer da comissão será analisado depois pelo Plenário do Senado.

Como maior partido, o PMDB tem direito a cinco vagas de titular e igual número de suplentes. Foram indicados titulares os senadores Raimundo Lira (PB), Rose de Freitas (ES), Simone Tebet (MS), Dário Berger (SC) e Waldemir Moka (MS). Como suplentes, foram indicados pelo líder peemedebista Eunício Oliveira (CE), Hélio José (DF), Marta Suplicy (SP), Garibaldi Alves (RN), João Alberto Souza (MA).

Pelo bloco da oposição, foram indicados os senadores Aloysio Nunes (PSDB-SP), Antônio Anastasia (PSDB-MG), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e Ronaldo Caiado (DEM-GO), como titulares. Como suplentes os nomes escolhidos foram Tasso Jereissati (PSDB-CE), Ricardo Ferraço (PSDB-ES), Paulo Bauer (PSDB-SC) e Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Pelo bloco de apoio ao governo estão os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Telmário Mota (PDT-RR), como titulares. Humberto Costa (PT-PE), Fátima Bezerra (PT-RN) e João Capiberibe (PSB-AP) são suplentes.

Já o bloco formado por PSB, PPS, PCdoB e Rede indicou os senadores Fernando Bezerra (PSB-PE), Romário (PSB-RJ) e Vanessa Grazziotin (PcdoB-AM), como titulares, e Roberto Rocha (PSB-MA), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Cristovam Buarque (PPS-DF) como suplentes.

O bloco formado por outros partidos nanicos indicou como titulares Wellington Fagundes (PR-MT) e Zezé Perrella (PTB-MG), além de Eduardo Amorim (PSC-SE) e Magno Malta (PR-ES) como suplentes. O bloco formado por PP e PSD indicou os senadores José Medeiros (PSD-MT), Ana Amélia Lemos (PP-RS) e Gladson Cameli (PP-AC). Como suplentes foram indicados Otto Alencar (PSD-BA), Sérgio Petecão (PSD-AC) e Wilder Moraes (PP-GO). Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 25 de abril de 2016, 21h50

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/05/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.