Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Judiciário sem papel

Justiça do Trabalho registra mais de 6 milhões de ações eletrônicas

A Justiça do Trabalho já tem mais de 6 milhões de processos tramitando eletronicamente. É o que mostra um levantamento da Secretaria de Tecnologia da Informação do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. Segundo o órgão, do total de aproximadamente 7,5 milhões de processos eletrônicos em tramitação em todo Poder Judiciário, 6,3 milhões são da Justiça do Trabalho — ou 84% dos feitos.

Para o presidente do CSJT, ministro Ives Gandra Martins Filho, os números representam a vanguarda da Justiça do Trabalho na instalação e operacionalização do Pje. "Nosso vanguardismo no ingresso do processo eletrônico, hoje 100% informatizado, ficou patenteado ao superarmos esta marca", afirmou.

Instalado em 2011, o PJe da Justiça do Trabalho é utilizado pelos 24 Tribunais Regionais do Trabalho e está integrado com praticamente 100% das varas do trabalho de todo o país. A exceção são algumas varas trabalhistas localizadas no TRT da 8ª Região (PA), que não têm infraestrutura mínima de telecomunicação compatível com os requisitos do PJe-JT para funcionarem.

Entre os TRTs que mais utilizam o PJ-e JT, destaca-se o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas) que registra cerca de 890 mil processos. Já o Tribunal Regional da 1º Região (RJ) é o segundo com maior número de processos registrados, com mais de 812 mil feitos. Em terceiro lugar, vem o Tribunal Regional da 2ª Região (SP), com quase 727 mil processos trabalhistas. Com informações da Assessoria de Imprensa do TST

Revista Consultor Jurídico, 9 de abril de 2016, 9h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/04/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.