Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Despedida na magistratura

Desembargador William Marinho de Faria se aposenta do TJ de São Paulo

O desembargador William Marinho de Faria se aposenta oficialmente na próxima segunda-feira (27/7). Em sua última sessão à frente da 18ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, ele recebeu as homenagens de membros do Conselho Superior da Magistratura, colegas de câmara e desembargadores, advogados, servidores e familiares, nesta quarta-feira (22/7).

O presidente do tribunal, desembargador José Renato Nalini, agradeceu a dedicação do colega. “Deu exemplo em ser juiz, cumpridor de seus deveres e comprometido com o próximo. Sou testemunha de seu apreço pelos mais humildes. O Tribunal de Justiça fica mais pobre hoje”, disse.

Marinho de Faria nasceu em julho de 1945 e se formou em Direito pela Universidade de São Paulo. Ingressou na magistratura em 1980, quando foi nomeado para a 52ª Circunscrição Judiciária, com sede em Americana.

Ele também atuou nas comarcas de São Caetano do Sul, Itaporanga, Arujá, Santo André e São Paulo. Em 2002, foi promovido a juiz do 1º Tribunal de Alçada Civil de São Paulo e, em 2005, a desembargador.

Também estavam presentes na despedida os desembargadores Carlos Alberto Lopes e Ricardo Negrão, o assistente jurídico Ivan Lima, o vice-presidente da Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, Antonio Carlos Bonetti, o presidente da Seção de Direito Privado, desembargador Artur Marques da Silva Filho, e o presidente da Seção de Direito Público, desembargador Ricardo Mair Anafe.

Integram, ainda, a 18ª Câmara, os desembargadores Henrique Rodriguero Clavisio e Helio Marques de Faria e a juíza Fernanda Gomes Camacho. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 23 de julho de 2015, 12h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/07/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.