Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

"Lava jato"

PF e MPF cumprem mandados de busca em imóveis de Collor, senadores e ex-ministros

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal cumpriram mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (14/7) em imóveis dos senadores Fernando Collor (PTB-AL), Ciro Nogueira (PP-PI) e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), ex-ministro da Integração Nacional, do ex-ministro das Cidades Mário Negromonte (PP-PE), e do deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE). Eles são suspeitos de envolvimento com o esquema de corrupção investigado na operação "lava jato".

Ao todo são 53 mandados que se referem a investigações em curso no Supremo Tribunal Federal, devido ao foro privilegiado dos acusados, e foram autorizados pelos ministros Teori Zavascki, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski. A ação inaugurou uma nova fase da operação “lava jato”, denominada operação “politeia”. As buscas ocorreram na residência de investigados, em seus endereços funcionais, sedes de empresas, em escritórios de advocacia e órgãos públicos.

Collor é acusado de ter recebido pagamentos frequentes em um esquema de propina com a BR Distribuidora. Nogueira é investigado por delações que dizem que ele era um dos líderes do PP na distribuição de recursos desviados da Petrobras.

Outro líder do partido no esquema seria Negromonte, que é suspeito de ter recebido R$ 5 milhões em nas eleições de 2010. No mesmo ano, Bezerra Coelho teria recebido R$ 20 milhões para a campanha à reeleição ao governo de Pernambuco de Eduardo Campos. Já Fonte, que também seria beneficiário do esquema do PP, teria articulado um pagamento de R$ 10 milhões ao PSDB para barrar uma CPI sobre a Petrobras em 2010.

O advogado Cedraz é acusado de ter recebido R$ 1 milhão do dono da UTC, Ricardo Pessoa, para o TCU liberar a licitação da usina nuclear Angra 3.

Residências de Collor em Brasília e Alagoas foram vasculhadas pela PF. Os agentes também foram à sede da TV Gazeta, afiliada alagoana da TV Globo, e que pertence à família do ex-presidente. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Outro investigado é o advogado Thiago Cedraz, filho do ministro do Tribunal de Contas da União Aroldo Cedraz. A BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras, também foi examinada por policiais federais em busca de documentos que possam comprovar casos de corrupção apontados pelo doleiro Alberto Youssef.

As buscas e apreensões foram requeridas pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. “As medidas são necessárias ao esclarecimento dos fatos investigados no âmbito do STF, sendo que algumas se destinaram a garantir a apreensão de bens adquiridos com possível prática criminosa e outras a resguardar provas relevantes que poderiam ser destruídas caso não fossem apreendidas”, explicou Janot. Com informações da Agência Brasil e da Assessoria de Imprensa do MPF.

Revista Consultor Jurídico, 14 de julho de 2015, 11h31

Comentários de leitores

10 comentários

E agora Conjur?

gmiranda (Promotor de Justiça de 1ª. Instância)

Será que agora o Conjur vai trazer textos "críticos" em face dos "abusos" cometidos pelo STF, a exemplo da cruzada que fez com as decisões do juiz Moro? Aguardemos as cenas dos próximos capítulos...

Oh tempora, oh mores...

Riobaldo (Advogado Autônomo - Civil)

Ontem, tive a oportunidade de assistir Fernando Collor de Mello, subir a tribuna do senado federal, indignado com a invasão da sua residência - Casa da Dinda - na região dos lagos, ocasião que apreenderam três automóveis de luxo - uma Ferrari ´testa rossa`, um Porshe e uma Lamborghini Miura, avaliados em torno de seis milhões de reais.Outra celebridade da década de trinta, Alfonso Capone, em entrevista ao jornalista da revista Liberty, Cornelius Vanderbilt, não deixou por menos: " Hoje em dia já não respeitam nada.Antes, colocávamos num pedestal a virtude, a honra, a verdade e a lei...A corrupção campeia na vida americana de nossos dias. Onde não se obedece outra lei, a corrupção é a única lei.A corrupção está minando este país. A virtude, a honra e a lei se evaporaram de nossas vidas." Qualquer semelhança...não é mera coincidência!

Bramiu

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

O leão bramiu da tribuna do senado. Será que é o último suspiro ao ser atropelado pelos búfalos!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 22/07/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.