Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mencionado por delatores

Justiça Federal manda prender ex-diretor da Petrobras na operação "lava jato"

A Justiça Federal do Paraná mandou prender o ex-diretor da área internacional da Petrobras Jorge Luiz Zelada em sua casa, no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (2/7). Ele é suspeito de envolvimento em crimes de corrupção, desvio de verbas públicas, fraude em licitações, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A prisão é preventiva, sem prazo de duração.

Segundo o Ministério Público Federal, a operação "lava jato", que investiga fraudes na Petrobras, está agora focada no recebimento de vantagens ilícitas pela diretoria da estatal. A nova fase foi apelidada de Mônaco.

Zelada será levado inicialmente para a carceragem da Polícia Federal, no Rio de Janeiro, e seguirá para a Superintendência da PF em Curitiba (PR), onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

De acordo com o Ministério Público Federal, diversos delatores mencionaram que Zelada recebeu propina. Há indicação também de um relatório de auditoria da Petrobras que menciona a responsabilidade dele pelas irregularidades verificadas na contratação do navio sonda da empresa Vantage. O ex-diretor também é acusado de receber valores ilícitos por este contrato.

O MPF ainda alega que obteve documentação de Mônaco que aponta que Zelada manteve aproximadamente 11 milhões de euros ocultos nesse país, havendo suspeitas de que a totalidade dos recursos é proveniente de propinas recebidas em razão do cargo exercido na Petrobras. Esse valor está bloqueado a pedido dos procuradores da força-tarefa. E os promotores relatam que, depois da deflagração da “lava jato”, Zelada transferiu recursos que estavam ocultos na Suíça para Mônaco com a finalidade de evitar o bloqueio desses valores. Segundo eles, isso demonstraria o propósito dele de continuar a ocultar o produto de seus crimes e dificultar a investigação.

No Rio, policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão — três na capital e um em Niterói, no Grande Rio —, além de um mandado de prisão preventiva também na capital, todos ordenados pela Justiça Federal do Paraná. Com informações da Agência Brasil e da Assessoria de Imprensa do MPF.

Revista Consultor Jurídico, 2 de julho de 2015, 10h27

Comentários de leitores

3 comentários

Falta prender mais gente

WLStorer (Advogado Autônomo - Previdenciária)

"O empresário Auro Gorentzvaig, ex-acionista da Petroquímica Triunfo, disse, em depoimento à CPI da Petrobras nesta quinta-feira (2), que a empresa foi “expropriada” em benefício de uma subsidiária da empreiteira Odebrecht, a Braskem, operação que, segundo ele, teve participação ativa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com Gorentzvaig, o objetivo “dessa ação deliberada do governo” era dar à Odebrecht o monopólio do setor. Além de Lula, ele acusou Dilma Rousseff, então presidente do Conselho Administrativo da Petrobras; Sérgio Gabrielli, ex-presidente da estatal; e Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento, de envolvimento no processo de integralização acionária que fez sua família perder o controle da petroquímica. (...) Gorentzvaig contou aos parlamentares que teve uma reunião com Lula, em 2009, no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília. De acordo com o depoente, o encontro, do qual também participou Paulo Roberto Costa, ocorreu por intermédio do petista Luiz Marinho, atual prefeito de São Bernardo do Campo." (http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/ADMINISTRACAO-PUBLICA/491594-CPI-DA-PETROBRAS:-EMPRESARIO-ACUSA-LULA-DE-AGIR-PARA-FAVORECER-ODEBRECHT.html?utm_campaign=boletim&utm_source=agencia&utm_medium=email)

Sem problema

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Em qualquer canto "redondo" do mundo esse sujeito estaria realmente numa "ZELADA". No Brasil é um mero e passageiro aborrecimento, sem maiores consequências.

mais um , mais um..........

hammer eduardo (Consultor)

Não se preocupe não Zelada , logo vai aparecer algum GRANDE advogado que mediante uma "modica quantia" devidamente depositada la fora , tentará mostrar a sua total inocência em todo este imbróglio, isto se não pleitear perante o Juiz Moro um pedido formal de desculpas pelo indiscutível "incomodo causado".....

Na mídia eletrônica hoje a noticia de que o nefando Zezinho Dirceu já entrou com um habeas corpus "preventivo" já que podem chama-lo de tudo porem jamais de bobo. Ele esta vendo a lama de chorume chegando a seus pes de barro e já se adiantou.

Aguardem para breve o molusco nojento 9 dedos fazendo o mesmo porem de forma direta sem lançar mão de algum laranja tal e qual ocorreu na semana passada.

Confesso que é ficção cientifica mas seria a redenção da microscópica honestidade ainda restante no Brasil as imagens do molusco descendo da caçapa do camburão preto da PF em Curitiba algemado com as mãozinhas e os 9 dedos para tras , pena que neste Pais de demagogia e bandalheira , a possibilidade real disto acontecer de fato chega próximo a zero.

Comentários encerrados em 10/07/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.