Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Serviço gratuito

Quatro escritórios brasileiros ganham título por trabalho pro bono

Por terem atuação de destaque na advocacia pro bono em 2014, quatro bancas brasileiras receberam o título de Pro Bono Leading Light, da publicação inglesa Latin Lawyer. O levantamento anual divulgou 55 escritórios que prestam advocacia voluntária para instituições em toda a América Latina, destacando a fundamental contribuição no desenvolvimento e amadurecimento da cultura pro bono na região. Os escritórios brasileiros apontados como proeminentes na área foram Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados; Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados; Pinheiro Neto Advogados; e Siqueira Castro Advogados.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 22 de janeiro de 2015, 18h53

Comentários de leitores

2 comentários

Picaretagem da grossa!

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Essa temática já foi discutida por aqui, inclusive apresentando-se números. Os escritórios que receberam o "prêmio" são na verdade grandes bancas que concentram centenas de profissionais. Assim, entre as 300 ou 400 mil demandas sob patrocínio eles atuam de forma gratuita em 20 ou 30, o que não representa nem 0,0001% do trabalho total produzido pela banca como um todo, realizando uma intensa exploração midiática dessas atuações. O recebimento de tais "prêmios", em verdade, é pura e simples picaretagem.

Eu também mereço

Stefano Venuto Barbosa (Advogado Autônomo - Civil)

Esse pessoal deveria se inteirar melhor, todos nós fazemos trabalhos gratuitos, não existe profissão mais solidária.

Comentários encerrados em 30/01/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.