Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

6° encontro

Conheça as teses vencedoras do último Congresso Virtual do MP

Por 

O julgamento no qual o Supremo Tribunal Federal sobre uma decisão que impediu a progressão de regime de presos; o prazo prescricional nas ações de improbidade administrativa; e a criminalização do fornecimento de bebidas alcoólicas a crianças. Esses são os assuntos que mais interessaram aos membros do Ministério Público que participaram do 6° Congresso Virtual Nacional do Ministério Público.

A diretoria do Congresso Virtual — composta pelo promotor de justiça do Ceará, André Luis Tabosa de Oliveira; o promotor de justiça de Minas Gerais, André Luis Alves de Melo e pelo presidente do Congresso, Francisco Antonio Souto e Faria, procurador de justiça (aposentado) do MP do Rio de Janeiro —, divulgou, na última semana, as três teses mais votadas no evento de discussões online, que aconteceu entre outubro e dezembro de 2014. Os ganhadores foram: Pablo Antonio Cordeiro de Almeida, promotor da Bahia (1º lugar); promotora Ana Paula Pina Gaio, do Paraná (2º lugar); e Fernando Martins Zaupa, promotor do Mato Grosso do Sul (3º lugar).

O promotor Pablo de Almeida receberá R$ 8 mil pelo trabalho intitulado “Garantia do dissenso na jurisdição constitucional: Julgamento da Reclamação 4.335, pelo STF, em 2014”.

A segunda tese mais votada chama-se “A incidência do prazo prescricional previsto no Código Penal na Lei da Improbidade Administrativa”, dá à promotora Ana Paula R$ 5 mil.

Com o prêmio de R$ 3 mil, a tese “Fornecimento de bebida alcoólica para crianças e adolescentes é crime e não contravenção penal”, de Fernando Martins Zaupa (MS), ficou em terceiro lugar.

O site que serviu ao 6° Congresso Virtual Nacional do Ministério Público, transformou-se no 6º Fórum Virtual Nacional do Ministério Público. Segundo o MP, o site permite que todos os promotores brasileiros, aposentados ou na ativa, mantenham as discussões, de forma gratuita, até o início do 7º Congresso Virtual Nacional do Ministério Público, marcado para 2016. Segundo o MP, a cerimônia de diplomação e de entrega do prêmio aos autores mais votados deve acontecer entre março e maio de 2015.

Clique aqui para ler a 1ª tese, aqui para a 2ª e aqui para a 3ª.

Clique aqui para ter acesso ao site do 6° Fórum.

*Notícia alterada às 17h15 do dia 26 de janeiro de 2015 para correções.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 13 de janeiro de 2015, 14h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/01/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.