Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Alteração da CLT

Projeto cria ação promocional trabalhista em nome de interesses difusos

Por 

Projeto de lei apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) permite o ajuizamento de ação promocional quando envolver direitos individuais, individuais homogêneos, coletivos ou difusos por qualquer empregado ou o sindicato profissional.

O PLS 552/2015, sugerido pela Associação Nacional de Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e que altera a Consolidação das Leis do Trabalho, deverá passar pelas Comissões de Assuntos Sociais e de Constituição, Justiça e Cidadania.

A proposta vale para quando houver “lesão ou ameaça de lesão, quando a pretensão versar sobre direitos e garantias fundamentais dos trabalhadores, não possuir conteúdo diretamente patrimonial e constituir matéria de competência da Justiça do Trabalho”.

O texto também diz que nessas ações o sindicato a que os autores pertencerem ou o sindicato profissional representativo da categoria poderá figurar como assistente litisconsorcial. O Ministério Público do Trabalho também poderá fazer parte das ações promocionais trabalhistas “na condição de fiscal da lei”.

Na justificativa, o senador diz que o processo trabalhista brasileiro ainda não se encontra adequadamente aparelhado para a tutela específica dos direitos humanos fundamentais no âmbito das relações de trabalho. “Incorporando à CLT inovadora modalidade processual, este Congresso Nacional seguramente marcará a história da Justiça do Trabalho brasileiro. Mais que isto, honraremos as tradições humanitárias do Brasil e inspiraremos, na comunidade internacional, uma onda virtuosa de positivação de instrumentos processuais efetivos para a prevenção, a inibição e a reparação coletiva de lesões a direitos humanos fundamentais nas relações de trabalho”, afirma.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 21 de agosto de 2015, 19h42

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/08/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.