Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Orçamento aprovado

OAB-SP reduz em 5% o valor da anuidade dos advogados em 2015

A Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo aprovou uma redução de 5% sobre o valor atual da anuidade, de R$ 926. De acordo com a proposta orçamentária para 2015, a taxa passa a ser de R$ 879,70. O texto, aprovado por unanimidade pelo conselho da seccional na ultima segunda-feira (24/11), mantém as opções de pagamento e política de desconto, ou seja, a anuidade de 2015 poderá ser quitada em cota única com desconto de 7% até 15 de janeiro ou dividida em 12 parcelas mensais. A contribuição das sociedades de advogados acompanhará essa redução.

De acordo com o diretor-tesoureiro, Carlos Roberto Fornes Mateucci, a proposta orçamentária — elaborada de forma participativa com Subseções, departamentos da seccional e Escola Superior da Advocacia – buscou atender aos anseios das áreas, o equilíbrio econômico-financeiro da Ordem. O tesoureiro também anunciou que as demais taxas e emolumentos da Ordem sofrerão redução de 7% e o valor de xerox, impressão e serviços de scanner serão mantidas em R$ 0,15.

A OAB-SP está otimista com a redução da anuidade. O presidente da entidade, Marcos da Costa (foto), apontou que, considerando a inflação prevista pelo governo de 7,6% para o ano que vem, a economia com a mudança da taxa pode chegar a 12,6% em valores reais. Com informações da assessoria de imprensa da OAB-SP.

Revista Consultor Jurídico, 26 de novembro de 2014, 15h04

Comentários de leitores

10 comentários

Por quê?

Neli (Procurador do Município)

Por quê? A anuidade de Santa Catarina,com muito menos advogado, é mais barata do que a de São Paulo?

Cobrar sim, pagar não

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Aliás, a OAB/SP poderia cumprir a decisão exarada no processo 0005139-40.2011.403.6106 e pagar o que me deve.

Situação lamentável da advocacia

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Vejam: "1.ª Vara Federal de São José do Rio Preto/SPMandado de Segurança Autos n.º 0000140-39.2014.403.6106 Impetrante: Marcos Alves Pintar Impetrado: Presidente da Comissão de Prerrogativas Profissionais da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em São José do Rio Preto SENTENÇA Trata-se de mandado de segurança impetrado por Marcos Alves Pintar em face do Presidente da Comissão de Prerrogativas Profissionais da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em São José do Rio Preto, por meio do qual objetiva a ordem de imediato andamento da representação promovida em face do MM. Juiz Federal, Dr. Adenir Pereira da Silva, com a prática de todos os atos que lhe cabem no prazo máximo de 15 (quinze) dias, sob pena de multa pecuniária de meia anuidade por dia de atraso, revertida ao impetrante, além de responsabilização criminal por desobediência à ordem judicial. (...) Em face do exposto, JULGO PROCEDENTE EM PARTE o pedido, resolvendo o mérito do processo, nos termos do art. 269, inciso I, do Código Processo Civil. Concedo a segurança pleiteada para determinar à autoridade impetrada o imediato andamento da representação promovida pelo impetrante, no prazo de 30 (trinta) dias, sob pena de imposição de multa diária no valor de R$ 300,00 (trezentos reais) por dia de descumprimento."

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 04/12/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.